Notícias

Conselho de Desenvolvimento aprova destinação de R$ 10,6 mi para projetos da RMC

  • Publicação: 21/05/2014 15:37h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 676

Foto

Foto: Divulgação

O Fundocamp (Fundo de Desenvolvimento Metropolitano de Campinas) destinará R$ 10,6 milhões para investimentos em ações integradas entre os 20 municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas). A liberação dos recursos foi aprovada terça-feira (20) durante reunião do Conselho de Desenvolvimento realizada em Monte Mor.

Cada município receberá o valor de R$ 198.500,00 para aquisição de sistema de radiofreqüência digital, atendendo à Resolução nº 568 de 15/06/2011 da Anatel, que exige que os serviços analógicos de rádio nos municípios sejam substituídos pelo sistema digital. O sistema também possibilitará a integração dos serviços de radio da Guarda Municipal, da Defesa Civil e da área da Saúde de todas as cidades da RMC.

Os conselheiros aprovaram ainda o valor de R$ 300 mil para os municípios custearem a participação de educadores municipais no 8º Fórum de Educação, que este ano será realizado em Indaiatuba.

Para a aquisição do software que integrará os municípios do “Sistema de Videomonitoramento da RMC”, foram aprovados R$ 5,5 milhões. Desse total, R$ 4,9 milhões serão destinados à 17 municípios para aquisição de licenças de software. Como Indaiatuba, Itatiba e Vinhedo já possuem o software, receberão R$ 200 mil para cada um para ampliarem o sistema ou modernizarem a tecnologia. A integração dos sistemas é a última fase do projeto de Videomonitoramento.

O Conselho também aprovou um recurso de R$ 935.700,00 com o objetivo de atender estritamente aos municípios que ainda precisam adquirir alguns equipamentos para implantar a primeira fase do sistema.

Durante o encontro realizado em Monte Mor, o Conselho também discutiu a respeito da destinação de resíduos sólidos na região. Ester Viana, diretora Executiva da Agemcamp, informou que a intenção é elaborar um projeto regional que atenda a demanda dos municípios nesta área. A Agemcamp está fazendo o levantamento da situação de cada município para que o Conselho elabore um projeto de destinação e tratamento dos resíduos sólidos que atenda a RMC.

O representante de Indaiatuba, Secretário de Comunicação Odair Gonçalves, a pedido do Conselho de Desenvolvimento apresentou através de um vídeo, todos os projetos de sustentabilidade e de preservação do meio ambiente desenvolvidos pelo município e, após, uma sabatina dos presentes.

As iniciativas de Indaiatuba foram alvo de muitos elogios e com agendamentos aos prefeitos para uma visita aos projetos. Segundo Gonçalves, “é necessário que a Agencamp juntamente com o Fundocamp auxiliem os municípios que ainda estão iniciando projetos desse caráter como: coleta seletiva, aterros sanitários, aterros de inertes, etc, para que os mesmos possam desenvolver, de acordo com as suas realidades, projetos semelhantes aos de Indaiatuba”, finalizou.


Notícias relacionadas