Conteúdo para Pais

Secretaria de Educação

Conteúdo para Pais

Ler e escrever - Como os pais podem ajudar em casa?

Em primeiro lugar, é preciso que seu filho vá à escola todos os dias. As faltas prejudicam o aprendizado. Vocês precisam mostrar também que estão interessados em tudo o que seu filho ou filha está aprendendo. Em tudo o que a criança quer escrever ou ler. No início do processo de alfabetização, a atenção e a aprovação dos pais são muito importantes. Se a criança percebe que seus pais acreditam nela e na sua capacidade, ela fica mais segura, tem mais confiança em si mesma e vai perdendo o medo de arriscar mais a ler e a escrever porque sabe que pode errar. Além disso, vocês podem servir como exemplo de leitor e escritor, mostrando como e para que usamos a escrita em nosso dia a dia.

Ler e escrever são situações que podem ser muito interessantes para a criança. Vejam aqui algumas dicas:

  • Leia para elas e, se possível, todo dia, descubram, com as crianças, o melhor horário do dia para a leitura: pode ser na hora de dormir, no final da tarde ou quando acharem melhor. Esses momentos juntos, escutando histórias de fadas, da bíblia, lendas, por exemplo, podem criar lembranças lindas que as crianças nunca vão esquecer. Com isso, a leitura na Escola vai ficar mais fácil e divertida. Esse costume de ler junto com a criança vai ser bom mesmo depois que ela já souber ler. Se vocês não gostarem de ler, peçam a um parente, amigo ou mesmo um filho mais velho e organizem estas horas de leitura.
  • De vez em quando, se possível nos aniversários ou datas especiais, dêem livros de presente ou um caderno para que usem como diário pessoal, onde possam escrever, desenhar, copiar poemas ou colar coisas. Mostrem para as crianças que a leitura ajuda em tudo o que fazemos todos os dias .
  • Cozinhem algo gostoso, seguindo uma receita que pode ser lida por você ou por elas;
  • Leiam ou peçam que elas leiam rótulos de embalagens
  • Vocês ou as crianças podem ler as instruções de um aparelho doméstico enquanto aprendem a usá-lo;
  • Leiam juntos regras de novos jogos que queiram aprender;
  • Quando estiverem juntos, em alguma caminhada pela rua, aproveitem para ler anúncios, letreiros, placas, cartazes, propagandas, manchetes de jornais e revistas expostas nas bancas - tudo que tiver ao alcance dos olhos. Comentem, conversem sobre o que leram;
  • Normalmente, em casa, na rua ou no ônibus, recebemos muito material impresso – folhetos, cartões, jornaizinhos. Não desperdicem a oportunidade de explorá-los com as crianças;
  • Se vocês tiverem jornal em casa, leiam as manchetes, ou mesmo notícias, com assuntos interessantes que acontecem na cidade, no país ou em outros países.

Escutem-nas lendo em voz alta

Quando as crianças já souberem ler, peçam para que elas leiam em voz alta (histórias, poemas, notícias interessantes ou outros textos que queiram) e escutem com atenção. Se elas estiverem tímidas ou gaguejando, tenha paciência. Não fiquem corrigindo. Quando elas tiverem mais prática e costume de ler, vão se soltar e fazer uma leitura melhor. Em seguida, conversem sobre o que foi lido. Nunca as obriguem a ler.

Não façam da leitura uma obrigação e nem a
utilizem como um castigo. Para fazer da criança
um leitor, ela precisa ler com prazer.

Estimulem os interesses pessoais das crianças com livros, jornais e revistas

Vejam os assuntos que elas gostam mais e dêem textos sobre isso. Por exemplo, se gostam de esportes, passem para elas a seção esportiva do jornal ou de revistas ou uma reportagem de algum artista que elas gostem.

Divirtam-se escrevendo

  • Peçam às crianças que escrevam bilhetes para alguém da família ou cartão para um amigo que faz aniversário. Se ainda não souberem escrever, elas podem ditar o texto para vocês;
  • Estimulem as crianças a escreverem cartas para amigos ou parentes distantes, histórias conhecidas ou inventadas, poemas ou um diário;
  • Se notar que elas gostam de escrever, valorize estas escritas. Faça um livrinho junto com a criança, com capa que ela mesmo pode desenhar ou inventar. Guardem em uma pasta ou caixa preparada para isto;
  • Existem muitos jogos que usam a escrita. Palavras cruzadas, caça-palavras. Vejam se conseguem algum com um amigo ou parente;

Escrevam juntos textos simples e cotidianos

Mostrem como escrever é útil, não só na escola, mas também na vida. É muito importante que elas vejam você usando a escrita. Por exemplo:

  • Anotem algo que não podem esquecer: um endereço, um número de telefone ou alguma coisa a comprar;
  • Peçam às crianças que anotem recados.

No início, todo mundo erra. Elogiem, em vez de corrigir

Quando as crianças estiverem começando a aprender a escrever, não corrijam seus erros ou a sua “letra feia”. O importante é que elas se atrevam a escrever. Aos poucos, os erros vão diminuir e a letra, melhorar. No 1º ano, é mais importante dar parabéns do que ficar corrigindo.

Texto extraído de:
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
São Paulo (SP). Secretaria Municipal de Educação. Diretoria de Orientação Técnica.
Projeto Toda Força ao 1º Ano: conversa com os pais / Secretaria Municipal de Educação. – São Paulo : SME / DOT, 2006.16p.: il.
1.Educação 2.Alfabetização I. Título II. Programa Ler e Escrever - Prioridade na Escola Municipal
CDD 372.414
Código da Memória Técnica: CO.DOTG / Pj.004/06