Notícias

Inscrições para oficina gratuita de teatro seguem até dia 30 de maio

  • Publicação: 15/05/2018 10:49h
  • Redator(es): Renata Lippi A. Lemuchi
  • Release N.º: 379

Foto

Foto: Divulgação

A Secretaria de Cultura, com apoio do Governo do Estado e Poiesis, promovem a oficina gratuita de ‘Iniciação ao Teatro: Etapas de Produção’. As inscrições devem ser realizadas até o dia 30 de maio, no Centro Cultural Aydil Pinesi Bonachela, na Ruas das Primaveras, número 210, das 8h às 12h e das 13h às 17h. O curso de artes cênicas prevê 20 vagas e é direcionado para maiores de 16 anos, profissionais, estudantes e interessados em teatro, com ou sem experiência. Informações pelo telefone 3875 6144.

A ‘Oficina Iniciação ao Teatro: Etapas de Produção’ terá coordenação de Amanda Stahl e acontecerá de 05 a 23 de junho,sendo nas terças-feiras às 19h às 22h e nos sábados, das 14h às 17h, no Centro Cultural do Jardim Morada do Sol (Piano), situado na Avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé, número 5924.

Nesta oficina serão abordadas as etapas de produção de um espetáculo de teatro, sendo apresentado aos participantes os princípios dos diversos elementos técnicos e plásticos que compõem uma cena. Em encontros teóricos e práticos, os participantes terão vivências sobre o processo de criação teatral. Assuntos como a escolha do texto para uma montagem, cronograma de ensaios, direção, iluminação, sonoplastia, figurinos e cenografia, serão abordados através de práticas breves. Ao final, os participantes criarão um pequeno experimento cênico a partir de um processo autônomo e criativo.

Amanda Stahl é atriz e diretora. Formada em Licenciatura em Teatro pela UNESP (São Paulo), Direção teatral pela SP Escola de Teatro (São Paulo) e Artes dramáticas pelo Conservatório Carlos Gomes (Campinas). Em 2016 dirigiu a peça "Requiem", pela Cia. Façamos Assim (São Bernardo do Campo), contemplada pelo Programa de Ação Cultural (ProAC) LGBT 2015, onde atua até o momento. No mesmo ano também dirigiu e atuou na leitura dramática do texto "Eu Matei Minha Mãe" de Marcelo Oriani no projeto de leituras do coletivo Malditos Dramaturgos!. Circulou, também, com a peça infanto-juvenil "Tem Doce", da Cia Uma das Três (Santo André), contemplada pelo Programa de Ação Cultural (ProAC) Circulação 2015. Já teve trabalhos orientados por Alexandre Dal Farra (Tablado de Arrumar), Kiko Marques (Velha Companhia) e Lili Monteiro (Teatro da Vertigem).


Notícias relacionadas