Notícias

Prefeito Reinaldo Nogueira inaugura nova UBS da Cecap

  • Publicação: 23/06/2015 16:11h
  • Redator(es): Deuzeni Ceppolini
  • Release N.º: 781

Foto

Foto: Eliandro Figueira – SCS/PMI

O prefeito Reinaldo Nogueira (PMDB) inaugurou hoje, dia 23, a nova UBS (Unidade Básica de Saúde) da Cecap. A obra teve investimento de R$ 1.022.662,56, sendo R$ 800 mil provenientes de convênio firmado com o Governo Federal e o restante foi contrapartida municipal. O novo prédio foi construído no lugar do antigo localizado na rua Vital Barnabé e que não comportava mais a unidade, por isso foi demolido dando espaço ao novo edifício que tem 692,76m² de área construída. A inauguração contou com as presenças do deputado Estadual Rogério Nogueira (DEM), do secretário de Saúde José Roberto Stefani, o presidente da Câmara Municipal, Luiz Alberto Pereira (Cebolinha).

Reinaldo Nogueira informou que Indaiatuba foi eleita a cidade com a melhor gestão fiscal do Estado pela FIRJAM (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro). “Isto demonstra que trabalhamos direto”, comenta. O prefeito também destacou a obra a barragem de água do Mirim que está em fase final de construção. “Em 2009 quando começou os trabalhos da construção da barragem pensei no desenvolvimento da cidade, com a vinda de novas indústrias e moradores e jamais em crise de abastecimento de água de 2014”, revela. Ele também sobre o novo projeto para construção dos novos leitos do Haoc e a apresentação que fez aos empresários. Reinaldo revelou que Indaiatuba conseguiu manter os cursos da FIEC em parceria como Pronatec do Governo Federal.

Rogério Nogueira parabenizou a administração por mais uma unidade de saúde e ressaltou que sempre está em busca de recursos de custeio junto ao Governo do Estado de São Paulo. Informou também que esteve em uma reunião com o governador Geraldo Alckmin e o assunto era Segurança. Segundo o deputado, ele elogiou o município pelo trabalho integrado entre as forças policiais - Polícias Civil e Militar e Guarda Civil.

Stefani ressaltou que foi graças ao empenho da administração do prefeito que foi possível a demolição e a reconstrução de uma nova unidade. Ele também a população usuárias que pacientemente esperou e quando precisou se deslocou até a Unidade do Pioli.

Também estiveram presentes na inauguração, o vice-prefeito, Antônio Carlos Pinheiro; a presidente do Funssol, Enides Nogueira Lopes Cruz; os secretários de Governo, Carlos Bargas; Comunicação, Odair Gonçalves; Obras e Vias Públicas, Leandro Dias de Souza; Urbanismo e do Meio Ambiente, José Carlos Selone; Família e do Bem Estar Social, Luiz Henrique Furlan; controladoria, Admar Martini; o superintende do Saae, Nilson Alcides Gaspar e os vereadores Mauricio Baroni, Hélio Ribeiro, Massao kanesaki, Antônio Spozito Júnior (Toco da Croissant), o vereador licenciado Adalto Messias e o presidente do Conselho Municipal de Saúde e membro do Conselho Estadual de Saúde Luiz Medeiros.

NOVA UBS

As novas instalações da UBS possui sete consultórios: salas de pré-consulta, vacina, procedimentos e inalação, além de salas de observação e de assistente social

O prédio ainda conta com quatro salas de odontologia; sala de reuniões; de administração; de espera adulto e infantil; recepção; arquivo; dispensário medicamentos; materiais; esterilização; expurgo; almoxarifado; refeitório; copa; sanitários, vestiários e área de serviços.

Os pacientes que eram atendidos na antiga UBS da Cecap e que foram acolhidos na UBS do João Pioli, localizada na avenida Manoel Ruz Peres (ao lado do terminal urbano de ônibus) voltarão para o atendimento no prédio novo,

Na nova UBS trabalharão dois ginecologistas, três clínicos, dois pediatras, sete técnicos em enfermagem, duas enfermeiras, quatro agentes comunitários já contratados (e mais quatro serão contratados), seis administrativos, dois dentistas, uma auxiliar de saúde bucal, um estagiário Fiec e um coordenador administrativo.

A UBS inicialmente contará com duas equipes de ESF (Equipes de Saúde da Família) que atenderão dentro do Programa Saúde da Família (PSF) cerca de 6.000 pessoas e cada agente visitará cerca de 170 casas pôr mês. Até 2016 a UBS da Cecap terá seis equipes no total para atender a região.

A nova UBS oferecerá os serviços: Consulta Médica (Clínica Médica, Ginecologista, Pediatria), Consulta de Enfermagem, Odontologia, Nutrição, Grupos Educativos Multidisciplinar, Exames Laboratoriais, Eletrocardiograma, Visita Domiciliar, Imunização, Curativos, Retirada de Pontos, Administração de Medicamentos, Soroterapia, Inalação/Nebulização, Aferição de Pressão Arterial, Aferição de Glicemia Capilar, Agendamento de Transportes, Agendamentos de Exames Diversos (Ultrassonografias, Mamografias, Endoscopias e outros exames de alta complexidade), Agendamentos de RX, Orientações e Encaminhamentos Diversos, Cardiotografia.

Na UBS serão atendidos pacientes residentes dos bairros Cecap I, Cecap II, Cecap III, Jd. Adriana, Jd. Rêmulo Zoppi, Jd. Nely, Jd. Pompéia, Jd. do Vale I, Jd. do Valle II, Jd. Recanto do Vale, Jd. Alice, Jd. Bom Princípio, Jd. São Francisco, Jd. Renata, Vila São José, Parque das Nações, Residencial Vila das Palmeiras e Residencial da Lagoa.

A coordenadora Administrativa da UBS II Cecap será a servidora Estefânia Vieira P. de Morais, que atualmente coordena a UBS XI do João Pioli.

HISTÓRIA DA UBS CECAP

A UBS foi fundada no ano de 1980 com o nome de Centro de Atendimento Médico Municipal de Indaiatuba (CAMMI). Posteriormente passou a ser denominada UBS II; localizada à Praça Vital Barnabé s/nº, Bairro Cecap. Até o ano de 1993, o atendimento era centrado especialmente para o seguimento materno-infantil. Com o crescimento populacional, surgiram outras necessidades e em 1993 iniciou-se o programa de diabéticos e hipertensos.

Foram então sendo acrescentados gradualmente os demais programa: Acupuntura, Aleitamento Materno, Homeopatia, Saúde Bucal, Planejamento Familiar, Serviço Social, Saúde da Mulher,

Nutrição e Tuberculose.

No ano de 1998, haviam 26.634 pacientes matriculados na unidade, em 2003 - 40.213 pacientes matriculados e atualmente contamos com 61.000 pacientes matriculados.


Fotos


Notícias relacionadas