Notícias

Tem início 3ª Semana de Prevenção da Saúde do Homem

  • Publicação: 13/07/2015 17:17h
  • Redator(es): Gil Nunes
  • Release N.º: 864

Foto

Foto: Gil Nunes - SCS/PMI

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba deu início esta segunda-feira (13) a 3ª Semana da Saúde do Homem. Durante a abertura, que ocorreu no auditório da Prefeitura, o vereador Hélio Ribeiro, autor da Lei que criou o Dia da Saúde do Homem, falou da importância da prevenção e os cuidados com a saúde masculina. “A cada ano a Secretaria da Saúde escolhe um tema e trabalha a questão junto à população. Em 2015 serão as DST, Doenças Sexualmente Transmitidas”, comenta o vereador.

O secretário de Saúde, José Roberto Stefani, também destacou a necessidade dos homens buscarem a prevenção em sua saúde. “É importante que os homens procurem um posto de saúde próximo a sua residência para fazer os exames de rotina mesmo que não haja sintoma. Lembrando que nossa rede municipal de saúde básica, ou seja, as UBS contam com médicos clínicos gerais para o atendimento do homem para essas avaliações periódicas e se houver o diagnóstico de algum problema será feito o encaminhamento para os nossos ambulatórios de especialidades”, lembra.

O superintendente do Saae, Nilson Alcides Gaspar, que representou o prefeito Reinaldo Nogueira (PMDB) no evento, relatou que infelizmente os homens não têm o hábito de procurar os médicos para exames de rotina. “Recentemente passei por um problema de saúde e talvez se tivesse feito exames preventivos poderia ter evitado grande parte do meu problema, então aconselho a todos irem as nossas unidades de saúde para realizar consulta de prevenção e assim diminuir a chance que algo mais grave venha a acontecer no futuro”, aconselha.

A Semana tem como objetivo conscientizar a população masculina da importância da prevenção e alertar sobre os cuidados necessários com a saúde dos homens. As atividades começaram com uma palestra de capacitação, na segunda-feira, às 13h30, no auditório da Prefeitura, direcionada aos agentes comunitários, técnicos de enfermagem e demais profissionais da Atenção Básica da rede municipal. A palestra abordou sífilis, tuberculose, hanseníase, entre outras doenças.

Ao longo da semana os agentes comunitários multiplicarão os assuntos debatidos na palestra em um trabalho casa a casa nas áreas de atuação de suas unidades. Serão distribuídos panfletos sobre os temas e feitas as orientações e esclarecimentos de dúvidas.

E finalizando a semana, no sábado (18), das 9h às 12h, haverá uma ação na praça Prudente de Moraes, com apoio dos alunos do curso de nutrição da Faculdade Max Planck. Terá aferição de pressão arterial, distribuição de panfletos e orientações em geral.


Notícias relacionadas