Notícias

Equipe de controle da dengue continua trabalho intensamente

  • Publicação: 22/01/2014 16:47h
  • Redator(es): Gil Nunes
  • Release N.º: 87

Foto

Foto: Arquivo

A equipe de Controle da Dengue iniciou na semana passada a Avaliação de Densidade Larvária (ADL). A pesquisa mensura a probabilidade dos níveis de infestação do Aedes Aegypti em todo o município e identifica os recipientes onde mais são encontradas larvas do mosquito transmissor da dengue e os bairros com maior probabilidade de ocorrer casos da doença.

Estão sendo avaliadas aproximadamente 3.000 residências da cidade e o resultado contribuirá para a definição das ações de combate à dengue nos próximos meses. A pesquisa deverá ser concluída em até 15 dias e ajudará nas atividades nos bairros com índices elevados em criadouros e coleta de larvas.

Desde o dia 02 de janeiro foram emitidos 43 comunicados de advertências, com imóveis com coleta de larvas e com criadouros com água parada sem larva, 16 comunicados de recusas para imóveis onde a entrada do agente não foi permitida, 27 notificações de limpeza de terrenos baldios e 27 correspondências para imóveis cadastrados com piscina fixa para orientações de como realizar limpeza e tratamento da água para banhos e prevenção da dengue.

Teve início na terça-feira (21) a entrega de ofícios e placas de prevenção de 25 cm X 35 cm com lembrete da dengue para colaboração de fixar nas cancelas das guaritas de acesso aos condomínios, shoppings, mercados, hospital e outros prestadores de serviços durante o mês de fevereiro para despertar da consciência dos moradores, frequentadores e clientes desses seguimentos.

A Secretaria de Saúde lembra que este período é o mais preocupante devido ao calor e chuvas acelerando o ciclo biológico e o crescimento da população do mosquito, como também o aumento da circulação do vírus no País.

Também a equipe vem realizando o projeto Patrulha contra a dengue em Empresas, com treinamento dos funcionários quanto à prevenção da doença nos suas dependências, sendo desde novembro mais de 1.000 pessoas alcançadas pelo projeto.

DICAS DE COMBATE A DENGUE

O controle da Dengue depende da participação comunitária. Faça uma vistoria em sua casa, procurando locais em que o mosquito possa se reproduzir e siga as orientações abaixo:

Vaso de flores, plantas e xaxim: Manter o prato que fica sob o vaso sempre seco e furado. deve-se adquirir pratos que se encaixem no fundo dos vasos não deixando espaços para o mosquito colocar seus ovos; (verificar antes o tamanho do fundo de seus vasos antes de comprá-los);

Vasos de flores: A água deve ser trocada duas vezes por semana, e o vaso deve ser lavado esfregando-se com uma esponja as paredes para eliminar possíveis ovos que estejam aderidos às mesmas, também lavar as raízes, caules das plantas e flores.

Latas: Devem ser furadas antes de ser jogada fora, para que não acumule água e colocadas em lixeiras tampadas.

Todos os objetos que acumulam água (copinhos descartáveis, tampas de garrafas, casca de coco, etc) devem ser esvaziados e colocados em lixeiras tampadas.

Garrafas vazias: Guardá-las de cabeça para baixo em local coberto.

Bebedouros de animais e aves: Trocar a água todos os dias e lava-los com esponja.

Pneus velhos: Não jogar em terrenos baldios e em vias públicas, levá-los a uma borracharia mais próxima de sua residência ou guardá-los em local coberto.

Poços, tambores e outros depósitos de água: Devem estar sempre tampados.

Caixas d’água e cisternas de prédios: Devem ser limpas duas vezes ao ano e mantidas cobertas.

Calhas e Piscinas: Fazer a limpeza periodicamente.

Lixo Caseiro: Deve ser ensacado e colocado para coleta, em dias e horários previstos.

Recipientes naturais: (oco de árvores e bambus) os buracos devem ser tampados com cimento.

Brinquedos de crianças: Não os deixe no quintal. Ao final do dia, guarde-os em local coberto.

Bandeja de Geladeira: Encontra-se na parte de trás da geladeira acima do motor, secar uma vez por semana.

Gargalo de garrafas em muro: (cacos de vidros) quebrá-los ou encher de cimento para não acumular água.

Bromélias: Deve ser retirada toda a água de suas folhas e regar sua base na terra, se a planta for muito grande, utilizando uma magueira jogar um jato de água bem forte renovando a água contida entre as folhas duas vezes por semana.


Notícias relacionadas

Como podemos te ajudar?