Notícias

Agentes da dengue realizam trabalho do casa a casa no Jardim Morada do Sol

  • Publicação: 12/02/2014 18:09h
  • Redator(es): Deuzeni Ceppolini
  • Release N.º: 191

Foto

Foto: Deuzeni Ceppolini - SCS/PMI

A Equipe de Controle do Mosquito da Dengue da Secretaria de Saúde intensificou esta semana os trabalhos de campo na região do Parque Corolla, no Jardim Morada do Sol. Os agentes estão percorrendo as ruas, visitando as casas fazendo a retirada de criadouros e orientando a população.

O cronograma de trabalho dos agentes prevê o início do Jardim Morada do Sol, percorrendo Jardim Teotônio Vilela, São Conrado até o Jardim Joao Pioli e Jardim Hubert. Depois trabalharão na da Rua Cleante Lanconi/Jacob Lyra (Jardim Morada do Sol) até Jardim Alice, percorrerá os bairros Juscelino Kubitchek, Deolinda, Vila Pires da Cunha, Sub divisão Adamastor, Parque das Nações e Jardim Tancredo Neves. Os agentes trabalham sempre em duplas e são identificados com uniformes e crachás.

O médico veterinário e coordenador do Programa de Controle à Dengue agradece a população que sempre atende bem os agentes e permitem a vistoria em seus quintais. “É importante que todos façam a sua parte e evitem o acúmulo de água e descartem objetos que possam servir de criadouros. A dengue é uma doença grave e todos podem combater o aparecimento do mosquito Aedes aegypti e por consequência a doença”, comenta.

Segundo Pivetta, esta semana os Agentes Comunitários de Saúde das Unidades da Saúde da Família fixarão cartazes de prevenção da Dengue em comércios (bares, lanchonetes, farmácias, consultórios, mercados e quitandas, salões de beleza, padarias e outros serviços) da sua área de abrangência com intuito de conscientizar os clientes destes seguimentos. “As instituições religiosas do município também receberão ofício solicitando a colaboração da prevenção da doença e fazer uma leitura de um texto para os frequentadores durante missas e cultos religiosos em sua sede e filiais. São textos curtos com informações importantes para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue em seus imóveis”.

Pivetta explicou que outro setor que também receberá ofício é o de condomínios. Será enviada uma carta para ser reproduzida em todos os imóveis com descrição e orientação de prevenção dos criadouros do mosquito mais encontrados e atípicos.

O setor empresarial também receberá nosso documento que solicita a colaboração em fixar lembretes da Dengue nas hastes das Cancelas das guaritas, portões ou Hall de entrada e saída das dependências dos estacionamentos para despertar da consciência dos funcionários e clientes quanto à prevenção da doença.

No dia 31 de janeiro, a equipe fez a reposição de nove placas em pontos de ônibus e fixadas mais 20 unidades em pontos pelo município.

Casos de Dengue

Em 2014, 12 casos suspeitos notificados, sete descartados, cinco aguardando.


Fotos


Notícias relacionadas

Como podemos te ajudar?