Notícias

Saae implanta tecnologia de ponta para monitorar águas do Córrego Barnabé

  • Publicação: 12/03/2014 17:45h
  • Redator(es): Renata Birolli Coutinho – DCS/Saae
  • Release N.º: 312

Foto

Foto: Giuliano Miranda DCS-Saae

O SAAE iniciou recentemente o Sistema de Monitoramento Qualitativo da Água do Córrego do Barnabé que vai possibilitar um maior controle sobre a qualidade da água deste importante manancial, que atravessa o perímetro urbano da cidade e está mais suscetível a despejos clandestinos.

O sistema é composto por uma Estação Remota de Controle de Qualidade (ERCQ) e pelo Centro de Controle de Operações (CCO), inaugurado recentemente e que se localiza na Estação de Tratamento de Água (ETA I), na vila Avaí.

A ERCQ está localizada no ponto de captação de água da ETA V – Praça dos Lagos e está equipada com uma sonda multiparâmetros com capacidade para analisar Oxigênio Dissolvido, pH, Temperatura, Turbidez, ORP, Condutividade, Ficocianina e Profundidade. Esses dados são transmitidos em tempo real por telemetria, para o Centro de Controle de Operações, onde são disponibilizados na tela, e que permitem respostas imediatas no caso de alguma ocorrência mais grave, caso o sistema identifique valores fora do padrão. São gerados alarmes (visuais e sonoros), a fim de permitir a imediata tomada de decisão pela equipe técnica do SAAE.

Os dados também são armazenados em um banco de dados, que formarão um histórico das ocorrências. “Com essa tecnologia será mais fácil identificar despejos clandestinos e tomar providências com maior rapidez”, comenta o superintendente do SAAE, engº agrônomo Nilson Gaspar.

O Laboratório Móvel de Controle da Qualidade da Água Bruta conta com uma sonda do mesmo modelo para realizar, periodicamente, o monitoramento em pelo menos 5 (cinco) pontos críticos ao longo do Córrego do Barnabé e, quando necessário, em pontos onde haja suspeita de alteração na qualidade da água.


Notícias relacionadas

Como podemos te ajudar?