Notícias

Social realiza balanço das ações do Terceiro Setor

  • Publicação: 01/07/2014 17:27h
  • Redator(es): Laís Fernandes
  • Release N.º: 875

Foto

Foto: Laís Fernandes – SCS/PMI

O prefeito Reinaldo Nogueira (PMD) participou na última quinta-feira (26) da apresentação do balanço do departamento do Terceiro Setor vinculado a Secretaria da Família e do Bem Estar Social. O balanço foi apresentado, pela diretora Daniela Cavalcante Gomes, aos representantes das ONGs (Organizações Não Governamentais) de Indaiatuba, na quinta-feira (26) no auditório do Paço Municipal.

O evento contou com presença do secretário da Família, Luiz Henrique Furlan; pelo vice-prefeito, Antônio Carlos Pinheiro e colaborador da Administração Municipal, Baldomero Barbará.

O secretário da Família e do Bem Estar Social, abriu a reunião. “Mostraremos tudo que foi realizado desde abril do ano passado até agora por meio da Secretaria, no Terceiro Setor para que todos se capacitassem melhor. O nosso trabalho foca o fortalecimento das entidades, tivemos vários encontros e sabemos que a capacitação é o nosso melhor investimento em vocês [se referindo aos representantes das Ongs]”, comenta Furlan.

Na sequencia o colaborador da Administração Municipal, Baldomero Barbará, fez uso da palavra. “As Ongs são o braço nobre que efetivamente exerce o trabalho social em Indaiatuba. Tenho uma experiência vivida por mais de 10 anos prestando serviços voluntários em Indaiatuba e aprendi a conviver com as Ongs e vi como é difícil desenvolver um projeto, prestar conta de um projeto e, sobretudo captar recursos. Nós inserimos no projeto social de Indaiatuba um capítulo que damos muita importância, que é um trabalho constante e permanente na empresa e esse trabalho é o que vai preparar as Organizações Não Governamentais para essa nova realidade”, diz Barbará.

Reinaldo Nogueira ressaltou a importância do trabalho no Terceiro Setor e parabenizou as ações concluídas durante esse período. “Sabemos o quanto é difícil ter um projeto aprovado por uma empresa, pois poucas falam qual o modelo de projeto é o melhor para que seja aprovado. Por isso quero agradecer a Daniela que trabalhou em parceria com a Secretaria da Família e do Bem Estar Social junto com as Ongs para levar a noção de como fazer pra buscar recursos junto às empresas locais. A cada ano temos aumentado a arrecadação com o setor privado e vamos aumentar ainda mais”, explana.

A diretora do Terceiro Setor, Daniela Cavalcante, detalha o trabalho realizado em prol das ONGs locais. “Os atendimentos anual das ONGs de Indaiatuba somaram 54 mil, durante o trabalho do 3º setor as Ongs fizeram um trabalho de gestão social e empreendedorismo social, para ter uma visibilidade e transparência do trabalho perante a comunidade de Indaiatuba”, explica e continua. “O setor acumulou mais de 2 mil horas de pesquisa e estudos. Realizou 34 eventos entre reuniões de assistentes sociais, reuniões das Organizações não governamentais, palestras e 310 horas de cursos. O Terceiro Setor também fez a captação de imagem das Organizações e visitas as instituições. Um dos destaques do setor foi o lançamento do catálogo com as informações de todas as entidades assistenciais de Indaiatuba”, salienta Daniela. Ao total o município tem atualmente 23 ONGs.

Os trabalhos desenvolvidos foram: Portfolio Social das Ongs de Indaiatuba, Campanha I.R. onde foram arrecadados mais de 1 milhão de reais (empresas e pessoas físicas). Trabalho de conscientização social, diagnóstico e monitoramento para realizar políticas publicas sociais em Indaiatuba. “Fizemos a parceria com a Max Planck que realizou o trabalho de profissionalização das ONGs principalmente nas áreas de nutrição, pedagogia, direito, RH, Marketing e Educação Física”, destaca Daniela.

Um dos pontos altos do setor foi o Festival das Ongs que atraiu cerca de 750 pessoas na sala Acrísio de Camargo no Ciaei (Centro Integrado de Apoio a Educação de Indaiatuba), o evento visou à união das ONGs e a combinação de esforços e pensamentos para o bem comum, além de apresentar a população o trabalho desenvolvido com a comunidade em vulnerabilidade social. Os participantes puderam conferir apresentações de dança e música de crianças, adultos e terceira idade; atendidos pelas mais de 20 ONGs de Indaiatuba. O evento contou com o apoio da Fundação Toyota; Programa Envolvi; AESCI (Associação das Empresas de Serviços Contábeis de Indaiatuba); Max Planck e patrocínio da Croissant e Cia.

Os principais eventos realizados ao longo do período foram: Ação Solidária; visita a Feac (Federação das Entidades Assistenciais de Campinas); palestra da Feac no Centro de Convenções; seminário “Prestação de Contas das Entidades do Terceiro Setor” no Sindicato dos contabilistas de São Paulo; Caminhada de prevenção do Câncer Vollac; Reuniões do Núcleo do Terceiro Setor com assistentes Sociais e Coordenadores dos projetos; IV Forúm de prevenção e Combate a Violência Doméstica e Sexual contra a Criança e Adolescente junto com o CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente); Capacitação para Elaboração de Projetos destinada aos assistentes sociais e coordenadores de projetos das entidades locais; treinamento de Qualidade. Compromisso e Participação da Entidade; seminário Feac sobre a participação das entidades privadas na execução das políticas públicas frente à organização do Estado; doações de mais de 16 mil agasalhos as entidades locais em parceria com os colaboradores da Toyota.

Terceiro Setor

Em 2013 foi criado o Núcleo do Terceiro Setor que visa promover e fornecer as entidades sociais de Indaiatuba à oportunidade de participar de várias ações em favor da melhoria, capacitação, informação dos profissionais do Terceiro Setor para que possa administrar suas organizações com senso de oportunidades empreendedoras. Em outra vertente é o canal de mobilização de recursos para as entidades de Indaiatuba.


Notícias relacionadas

Como podemos te ajudar?