Notícias

Saúde realiza dia 9 primeira pré-conferência de saúde

  • Publicação: 07/05/2015 10:50h
  • Redator(es): Deuzeni Ceppolini
  • Release N.º: 525

Foto

Foto: Deuzeni Ceppolini - SCS/PMI

A Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria de Saúde e Conselho Municipal de Saúde promovem no sábado (9), das 8h30 às 10h, a primeira pré-conferência municipal de saúde na Faculdade Max Planck, no Jardim Leonor. O objetivo do encontro, é ouvir a população para a formulação de melhorias do sistema de saúde pública e a preparação da 6ª Conferência Municipal de Saúde, que será realizada de 25 a 27 de Junho, na Faculdade Max Planck com o tema “Saúde Pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: Direito do Povo Brasileiro”.

O secretário de Saúde, José Roberto Stefani, destacou este é o momento ideal para a população expressar suas dúvidas e sugestões quanto ao sistema de saúde. “As conferências de saúde são grandes oportunidades para que os usuários do SUS apontem pontos positivos e negativos do atual sistema”.

O presidente do CMS, Luiz Medeiros Luiz, enfatizou que podem participar todos os cidadãos, exceto funcionários do legislativo e judiciário. “Durante a Conferência Municipal elegeremos 160 delegados, sendo 80 representantes de usuários, 40 trabalhadores e 40 gestores”, comenta.

As prés-conferências em Indaiatuba acontecerão em quatro sábados no mês de maio. A primeira será no dia 9 de Maio, das 8h30 às 10h, na Faculdade Max Planck, Jardim Pedroso. A segunda será dia 16 de maio, das 8h30 às 10h, na Paróquia Santo Antônio Jardim Morada do Sol. A terceira será dia 23 de maio, das 8h30 às 10h, na Comunidade Independente, Rua Alzira Barnabé, 240, Jardim Belo Horizonte. No dia 30 de maio, das 8h30 às 10, a última pré-conferência acontecerá na AESC (Associação das Empresas de Serviços Contabéis), Avenida Engenheiro Fábio Barnabé,675, Chácaras Areal.

A realização das Conferências de Saúde, nas três esferas de governo, são determinadas pela Lei Federal nº 8.142/90. Este ano o tema central será “Saúde Pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: Direito do Povo Brasileiro”.


Notícias relacionadas