Notícias

Conselho Municipal de Saúde realiza homenagens aos seus integrantes

  • Publicação: 31/07/2015 17:33h
  • Redator(es): Deuzeni Ceppolini
  • Release N.º: 662

Foto

Foto: Deuzeni Ceppolini - SCS/PMI

Alterado em 03/08/2015, às 12h45-O CMS (Conselho Municipal de Saúde) realizou quinta-feira (30), no Espaço Ópera, um evento para a entrega dos certificados aos conselheiros e delegados participantes da última Conferência Municipal de Saúde. Também ocorreu o lançamento do Fórum Regional de Conselhos Municipais de Saúde e Movimentos Populares da Região Metropolitana de Campinas (RMC). O evento também contou com a presença de Letícia de Carvalho Abreu, neta do médico Gilson de Carvalho, que faleceu no dia 3 de julho de 2015. Ele é conhecido como um dos idealizadores do SUS (Sistema Único de Saúde).

O prefeito Reinaldo Nogueira (PMDB) foi representado pelo superintendente do Saae, Nilson Gaspar, que destacou a ampliação do Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), que prevê a construção de um prédio que terá 50 quartos e vai triplicar a capacidade do atendimento da área hospitalar de Indaiatuba. “Sabemos que há problemas em algumas áreas e temos que buscar soluções, pois há pessoas que criticam e não apresentam propostas. O nosso prefeito Reinaldo sempre ressalta que quando alguém encontrar modelos de programas e projetos de saúde que dão certo e são bons, ele fará questão de conhecer e trará para Indaiatuba”.

Gaspar ressaltou que quem conhece Indaiatuba, sabe o quanto evoluiu a Saúde de 1997 até agora. “Somente quem conhece a nossa história sabe dizer o que a administração municipal fez e deu o direcionamento para fazer a saúde pública crescer e atender os nossos munícipes”, relata.

O secretário de Saúde, José Roberto Stefani, lembrou que o SUS requer gestão. “A parte orçamentária é fundamental para a viabilização dos serviços de saúde e tem que haver planejamento e tudo tem que ser priorizado”, comenta. “A Saúde depende de uma boa gestão por parte do executivo e tem que ter a união com o CMS”, relata. “Um bom trabalho requer o esforço de todos e eu agradeço o empenho dos conselheiros que trabalham com afinco exercendo um papel fundamental para que a saúde pública seja organizada e direitos de todos os cidadãos”, completa.

O presidente do CMS e conselheiro estadual, Luiz Medeiros, destacou a presença de Letícia de Carvalho Abreu, neta de Gilson de Carvalho e narrou a história do médico. “Foram vários encontros de trabalhos em que tive oportunidade de aprender e trabalhar com um dos mais importantes defensores do SUS e de Conselhos de Saúde. Ele também realçou a importância do trabalhos dos conselheiros de saúde e dos membros dos 12 Conselhos Locais de Saúde. “Posso afirmar que não enfrentamos os mesmos problemas que muitas cidades da região. Sabemos dos desmandos de algumas administrações da região que prejudicam muito a saúde pública e assim a população”, lembra. Luiz Medeiros destacou que Conselho de Saúde não é pra fazer oposição. “Se o Prefeito faz uma boa administração temos que aplaudi-lo, temos que ter uma discussão sadia. O conselho é composto por 50% de usuários, 25 trabalhadores e 25 gestão”, finalizou.

Também estiveram presentes representantes de Conselhos Municipais de Campinas, Paulínia, Americana, Sumaré, Monte Mor e Cabreúva.

No final do evento houve a entrega de uma placa com nomes de todos os conselheiros e suplentes da atual gestão que ficará na sala do CMS. Também ocorreu a apresentação do troféu Gilson de Carvalho recebido pelo Conselho Municipal de Saúde em 27 de novembro, em São Paulo na categoria “Fortalecimento da Participação Social”. A homenagem é uma iniciativa do Conselho Estadual de Saúde de São Paulo e serve como reconhecimento do trabalho e experiências positivas dos Conselhos Estaduais e Municipais de Saúde. O prêmio foi concedido durante a 2ª Semana de Participação Social no SUS realizada em São Paulo com o tema "Inquietações Sociais na Saúde", que objetivou foi fortalecer o debate e a reflexão sobre o controle social e a gestão participativa da comunidade no Sistema Único de Saúde (SUS).

E por último aconteceu a entrega de certificados para os conselheiros municipais que participaram da Conferência de Saúde realizada no final de junho.


Notícias relacionadas