Notícias

Saae comemora Dia Mundial da Água mostrando a importância dos recursos naturais

  • Publicação: 22/03/2018 14:29h
  • Redator(es): Renata Coutinho - DCS Saae
  • Release N.º: 217

Foto

Foto: DCS/Saae

O Dia Mundial da Água (DMA), celebrado dia 22 de março, foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992, com o objetivo de alertar a população mundial sobre a preservação dos bens naturais e, sobretudo, da água. A escolha de um dia dedicado a esse patrimônio natural do planeta, ressalta sua grande importância na vida das pessoas e no equilíbrio dos ecossistemas. Além disso, destaca a necessidade de conscientizar a população sobre o cuidado e preservação desse bem tão valioso.

Para comemorar a data, além da recepção de diversos grupos agendados no Museu da Água, o Saae desenvolveu a campanha “AGUA – CUIDAR FAZ TODA DIFERENÇA”, para mostrar que Indaiatuba se preocupa com a conservação do recurso natural mais importante do planeta, não medindo esforços para coletar e tratar todo o esgoto gerado, deixando de lançar in natura diretamente nos mananciais e também em manter a população abastecida com água potável e de qualidade.

Para manter o desenvolvimento da cidade, o SAAE está investindo mais de 100 milhões de reais em obras, e segundo a Organização Mundial da Saúde, para cada R$ 1,00 gasto em saneamento, a cidade economiza R$ 4,00 em Saúde.

Entre as principais obras em andamento temos a ampliação da Estação de Tratamento de Esgotos Mario Araldo Candello, uma obra de 70 milhões de reais que está sendo paga com recursos próprios do Saae e vai tratar 100% de todo esgoto coletado no município até 2035. Ao final dessa obra, Indaiatuba aumentará ainda mais a sua contribuição para a despoluição dos rios Jundiaí e Tietê, além de trazer mais qualidade de vida para todos os moradores de Indaiatuba e região.

A ampliação do sistema de abastecimento tem como principal obra, a ampliação da Estação de Tratamento de Agua (ETA III - bairro Pimenta), onde estão sendo investidos R$ 15,5 milhões. Ela será inaugurada em breve e vai tratar 50% a mais da sua capacidade. Quem ganha com isso são os moradores e as indústrias que ficam na Zona Sul de nossa cidade, onde se concentra 60% da população. Hoje a ETA III atende tem capacidade para atender 140 mil pessoas e com a ampliação, passará a ter capacidade para atender de 210 mil habitantes.

A construção de novos reservatórios para armazenar água tratada também é muito importante para ampliar a oferta de água para a população. Dos 9 planejados, 7 já estão em operação e elevaram de 30 milhões para 62 milhões litros a capacidade de reservação da cidade. Quando todos estiverem prontos Indaiatuba terá capacidade para armazenar 73 milhões de litros, um aumento de 140%.

Para combater as perdas foram investidos mais de R$ 8 mi entre substituições de hidrômetros, trocas e implantações de novas redes de água, setorização da cidade em distritos de medição, atualização constante dos sistemas de captação, tratamento e distribuição, tudo isso monitorado pelo moderno Centro de Controle de Operações, que comanda 57 reservatórios online 24h por dia.

E a barragem do rio Capivari-Mirim que formou uma represa com mais de 1,3 bilhão de litros de água reservada, já está em funcionamento e é cercada pelo Parque do Mirim, que já está quase pronto e é o novo cartão postal da cidade.

As próximas grandes obras do SAAE são: a construção de uma nova Estação no Bairro Tombadouro para tratar a água do rio Jundiaí; A ampliação da ETA 1, na Vila Avai, além da construção da Barragem do ribeirão Piraí através do Consórcio Intermunicipal entre as cidades de Indaiatuba, Itu, Salto e Cabreúva, que aumentará ainda mais a reserva hídrica do município. Com esse conjunto de obras finalizadas, o Saae conseguirá atender o crescimento da cidade até o ano de 2050.

A Educação Ambiental também é levada a sério pelo SAAE. No Museu da Água os visitantes aprendem sobre a importância da água em um local que já virou referência em nossa região. Moderno, científico e tecnológico, o Museu valoriza os recursos hídricos através de atividades ambientais e pedagógicas interativas.

Durante a Semana da Água o Museu irá receber muitos grupos da cidade e da região.

O Museu também recebe o programa “Na Trilha das Águas”, que desde 2009 já atendeu mais de 24 mil crianças e é mais uma parceria entre o Saae e a Secretaria Municipal de Educação.

Já o Programa EDUCA ÁGUA, em seu quarto ano, também em parceria com a Educação, ajuda a reduzir o consumo nas escolas do município e conscientiza as crianças sobre o uso correto da água.

Todo esse investimento vem da boa gestão dos recursos vindos da arrecadação das tarifas de água e esgoto e também das verbas conseguidas com os governos estadual e federal, através de projetos bem elaborados pela equipe de funcionários do SAAE.


Notícias relacionadas