Notícias

Prefeito empossa novos conselheiros do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso para o biênio de 2018/2020

  • Publicação: 29/10/2018 15:19h
  • Redator(es): Renata Lippi A. Lemuchi
  • Release N.º: 909

Foto

Foto: Eliandro Figueira – RIC/PMI

Na manhã desta segunda-feira(29), o prefeito Nilson Gaspar empossou 50% dos conselheiros do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, vinculado à Secretaria da Família e Bem Estar Social, para exercício no biênio 2018/2020. Os membros são representados pelas entidades governamentais e sociedade Civil. Após a posse houve eleição para definir a nova diretoria.

Foi sugerido e aceito pelos presentes a continuidade da atual gestão. O representante da OAB, Ricardo Bueno Reis, segue como presidente, assim como Wladimir Soares, vice, Nathália Stoco, como primeira secretária, e Mainara Stecca, como segunda secretária.

O prefeito Nilson Gaspar cumprimentou os presentes e agradeceu a dedicação de todos. “Tenho muito orgulho de ter tantas pessoas boas ao meu lado, pois não conseguimos fazer nada sozinho e juntos somos mais fortes. Este ano Indaiatuba inaugurou o Centro Dia e Permanência do Idoso, um lar que acolhe e proporciona qualidade de vida para a terceira idade. Também inauguramos o espaço Bem Viver, com atividades para as pessoas com mais de 55 anos. Em um mês de funcionamento foram mais de 800 cadastros. O município resguarda o atendimento preferencial ao idoso. Na saúde temos o Sadin, que faz atendimento humanizado domiciliar. Enfim, buscamos sempre a melhoria do atendimento, mas sempre com os pés no chão. Não prometemos o que não podemos cumprir”, salienta Gaspar.

O secretário da Família e Bem Estar Social, Luiz Henrique Furlan, parabenizou a atuação Conselho no município. “Sabemos que a curva da população está crescendo e envelhecendo. Ter um Conselho do Idoso atuante no munícipio é essencial, como também é muito importante o auxílio das entidades, pois o público não tem como abraçar a causa sozinho. Quanto mais braços para abraçar o retorno será muito melhor”, comenta Furlan.

Para o presidente, Ricardo Bueno Reis, foi uma vitória reativar o Fundi, e a meta para essa nova gestão será trazer verbas. “Temos que saber o que precisamos, para poder formular políticas públicas em benefício dos idosos e assim poder cobrar e fiscalizar o trabalho público. Conto com a ajuda e empenho efetivo de todos os membros, para conseguirmos atingir nossos objetivos”, finaliza Ricardo.


Fotos


Notícias relacionadas

Como podemos te ajudar?