Notícias

Indaiatuba sedia reunião de capacitação técnica do Programa Município VerdeAzul

  • Publicação: 15/03/2019 17:11h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 153

Foto

Foto: Eliando Figueira RIC/PMI

Indaiatuba sediou quinta-feira (14) uma reunião de capacitação técnica presencial “Oficinas VerdeAzul” promovida pela coordenação do Programa Município VerdeAzul. O vice-prefeito Dr. Tulio José Tomass do Couto (PMDB) abriu o encontro, ao lado do secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Leandro Dias de Souza. A capacitação voltada aos interlocutores e suplentes dos municípios aconteceu no Centro de Convenções “Aydil Pinesi Bonachella”, no Jardim Pompeia. Representantes de 24 municípios paulistas participaram da reunião.

O vice prefeito elogiou a iniciativa do Governo do Estado em dar continuidade ao Programa e falou da importância de cada município dar a sua contribuição nas ações voltadas à preservação do meio ambiente. “O poder público investe em saúde, educação, em projetos sociais, o que é extremamente importante, mas se não pensarmos no meio ambiente, se não fizermos a nossa parte, no futuro não adiantará nada nossos investimentos. Não é novidade para ninguém que o meio ambiente caminha para um colapso e isso é real, não é nenhuma falácia”, explicou. “Os municípios precisam fazer a parte deles, e posso garantir que aqui em Indaiatuba estamos fazendo nossa lição de casa. O prefeito Nilson Gaspar tem investido em muitos projetos nesta área, principalmente na proteção de nossos mananciais. Este ano vamos concluir a nossa Estação de Tratamento de Esgotos que vai permitir à Indaiatuba tratar 100% do esgoto da cidade”, completou.

Participaram do encontro os municípios de Charqueada, Americana, Atibaia, Artur Nogueira, Bragança Paulista, Campinas, Campo, Limpo, Paulista, Capivari, Franca, Holambra, Itatiba, Itupeva, Itu, Jaguariúna, Joanópolis, Jundiaí, Limeira, Louveira, Piracaia, Piracicaba, Salto, Saltinho, Santa Bárbara d’Oeste e Vinhedo. No total, participaram da capacitação 140 pessoas.

Antes de iniciar as atividades nas mesas de trabalho, o coordenador do PMVA, José Walter Figueiredo Silva, explicou aos novos interlocutores, como funciona o Programa e como é calculada a pontuação dos municípios que resulta na publicação anual do Ranking Ambiental dos municípios paulistas.

O Programa Município VerdeAzul – PMVA foi lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, tem o propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios. O objetivo é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do Estado.

A participação do município no PMVA é um dos critérios de avaliação para a preferência na liberação de recursos do Fundo Estadual de Controle da Poluição – Fecop.

As ações propostas pelo PMVA compõem as dez Diretivas norteadoras da agenda ambiental local, abrangendo os seguintes temas estratégicos: Município Sustentável, Estrutura e Educação Ambiental, Conselho Ambiental, Biodiversidade, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Uso do Solo, Arborização Urbana, Esgoto Tratado e Resíduos Sólidos.

O PMVA oferece capacitação técnica aos interlocutores indicados pela municipalidade e, ao final de cada ciclo anual, publica o “Ranking Ambiental dos municípios paulistas”, constando os 645 municípios paulistas signatários do PMVA desde 2008.

O ranking resulta da avaliação técnica das informações fornecidas pelos municípios, com critérios pré-estabelecidos de medição da eficácia das ações executadas. A partir dessa avaliação o Indicador de Avaliação Ambiental – IAA é publicado para que o poder público e toda a população possam utilizá-lo como norteador na formulação e aprimoramento de políticas públicas e demais ações sustentáveis.


Notícias relacionadas