Notícias

Comunicado sobre Transporte Coletivo Municipal

  • Publicação: 23/04/2019 13:38h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 279

Foto

Foto: Arquivo RIC/PMI

A Administração Municipal informa que o serviço de transporte coletivo do município já está normalizado. Uma ação liderada por representantes da subsede de Paulínia do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Campinas e Região provocou o atraso de uma hora na saída dos ônibus da garagem da empresa SOU Indaiatuba, na madrugada desta terça-feira (23). Por volta das 4h30, integrantes do Sindicato impediram a saída dos veículos da garagem da empresa e os portões só foram liberados às 5h30.

Conforme relatório do Departamento de Transportes, ligado à Secretaria Municipal de Administração, os sindicalistas teriam alegado que a empresa não estava fazendo os devidos depósitos de Previdência Social (INSS) e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) dos funcionários. A direção da SOU prestou esclarecimentos ao Sindicato e justificou que os pagamentos estão normalizados. Diante dos fatos, os portões foram liberados uma hora após o início da manifestação.

Como reflexo da paralisação temporária, o Departamento de Transportes registrou 21 viagens não realizadas, seis incompletas, 12 atrasos, três adiantamentos de horários e um desvio de itinerário, entre as 5h30 e as 8h da manhã. A partir das 8h, a situação começou a ser normalizada.

Pela manhã, a direção de Campinas do Sindicato, que é a responsável por Indaiatuba, também esteve em Indaiatuba e foi recebida pelo secretário de Administração, que se comprometeu em fornecer todos os esclarecimentos necessários.

A Prefeitura informa, ainda, que a empresa Sou Indaiatuba já foi notificada pelo Departamento de Transportes para prestar informações sobre o ocorrido e que serão tomadas todas as providências administrativas cabíveis.


Notícias relacionadas