Notícias

Educa Água encerra semestre com peça teatral da Turma da Sane durante as férias

  • Publicação: 13/08/2019 12:10h
  • Redator(es): Rose Parra/Renata Coutinho - DCS Saae
  • Release N.º: 554

Foto

Foto: Divulgação

O Programa Educa Água desenvolvido desde 2014, pelo SAAE em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Indaiatuba, que tem como objetivo reduzir o consumo de água nas escolas municipais, realiza durante todo o ano atividades de educação ambiental nas escolas municipais que envolvem alunos, professores e toda comunidade escolar

Umas dessas atividades é a apresentação de peça teatral que esse ano destaca a importância da conservação do Parque Ecológico, um dos cartões postais da cidade, por onde passa um dos nossos principais mananciais, o Córrego do Barnabé. A peça tem agradado não somente as crianças, já que os espetáculos têm público com pessoas de todas idades. Com o objetivo de ampliar a divulgação do tema, a peça “O Parque Ecológico e o Meio Ambiente” com a Sane e sua Turma, agitou os domingos do mês de julho, no Museu da Água e no Parque do Mirim.

O tema da peça e da cartilha que são distribuídos muda a cada ano, dando foco para algum manancial do município mostrando a importância de sua conservação para o futuro das próximas gerações.

Além da peça teatral, da distribuição da cartilha e camisetas do Programa, o Saae e a Secretaria de Educação elaboram um cronograma de ações que são desenvolvidas durante todo o ano que e são abordadas em sala de aula, como o acompanhamento da leitura do hidrômetro para que os alunos possam perceber o aumento e diminuição de consumo, possibilitando até mesmo verificar um possível vazamento e também a abordagem na feira de ciências, onde os alunos demonstram experiências que envolvam a temática Água e Sustentabilidade, à comunidade.

Essas ações visam minimizar os problemas com a escassez, aumentando a vida útil dos mananciais, reduzindo o volume de água a ser captada e tratada. Outro benefício do combate ao desperdício de água é a redução do volume de esgoto a ser coletado e tratado é a diminuição do consumo de energia elétrica e insumos utilizados nos processos de tratamento de água e tratamento de esgoto.

“É fundamental investir na formação das crianças. Quanto mais cedo o tema for abordado com as crianças, maiores as chances de despertar a consciência pela preservação, utilização correta da água, sem desperdícios e de forma consciente. O Programa Educa Água vem de encontro a essas necessidades”, destaca o superintendente do Saae, engº Sandro Coral.


Notícias relacionadas