Notícias

Ferramenta digital otimizará tramitação de documentos entre Prefeitura e Câmara

  • Publicação: 26/08/2019 15:53h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 592

Foto

Foto: Eliando Figueira RIC/PMI

O prefeito Nilson Gaspar (MDB) recebeu o presidente da Câmara Municipal de Indaiatuba, Hélio Ribeiro (PSB), em seu Gabinete nesta segunda-feira (26), para a assinatura do convênio que irá viabilizar o projeto de integração digital entre a Administração Municipal e o Legislativo. O sistema, que é desenvolvido pelo Departamento de Informática da Prefeitura em parceria com o Legislativo Municipal, irá otimizar a tramitação de indicações e ofícios da Câmara por meio de uma ferramenta digital. A previsão é de que o sistema entre em operação até o final deste ano.

Segundo explicou o prefeito, essa nova ferramenta facilitará o controle do fluxo de documentos de forma digital, eliminando o uso de papéis e também gerando uma economia no transporte. “Com esse sistema integrado não será mais necessário imprimir os documentos e ocupar um funcionário para entrega-los na Prefeitura. Vamos agilizar o processo e gerar economia com gasolina, tempo, mão de obra e papel”, explicou.

Hélio Ribeiro ressaltou que, assim como na Prefeitura, a Câmara já trabalha com a tramitação interna de processos por meio de um sistema digitalizado e que a integração com a Prefeitura dará continuidade ao projeto de otimização dos trabalhos do Legislativo Municipal.

O vereador Edvaldo Bertipaglia (PSB), que é o autor da indicação para a criação da ferramenta digital, também participou da assinatura do convênio. “Agradeço ao prefeito e à secretária de Relações Institucionais por abraçar essa ideia que vai dar muito mais rapidez ao trâmite de ofícios e indicações”, resumiu.

A secretária de Relações Institucionais e Comunicação, Dra. Graziela Milani, reforçou a importância em agilizar a comunicação entre a Prefeitura e a Câmara. “Desde o início da gestão, o prefeito Nilson Gaspar vem tomando medidas para otimizar e melhorar a eficiência na prestação do serviço público, e vejo essa nova ferramenta de integração do Executivo com o Legislativo como um complemento desse trabalho. Por ano, a Prefeitura recebe cerca de 8 mil ofícios e 2 mil indicações. São números bastante relevantes quando pensamos na economia de tempo e de dinheiro que a tramitação digital poderá gerar”, concluiu.

Hoje, o vereador redige e imprime os ofícios em seu gabinete e utiliza o motorista da Câmara para protocolar o documento no Paço Municipal, diretamente na Secretaria de Relações Institucionais e Comunicação, que faz a distribuição para as secretarias de competência e acompanha todo o trâmite de forma manual.

No caso das indicações, o vereador protocola na secretaria da Câmara, e depois de serem lidas durante as sessões, são encaminhadas no papel ao Gabinete do Prefeito. Em seguida são encaminhadas à Secretaria de Relações Institucionais para a distribuição e acompanhamento da mesma forma que os ofícios.

Com a ferramenta que está em processo de desenvolvimento, tanto os ofícios como as indicações dos vereadores serão enviadas à Prefeitura pelo sistema, utilizando uma assinatura digital. O mesmo sistema fará a distribuição e possibilitará o controle da tramitação dos documentos, sem a necessidade da impressão e do transporte de papéis entre Prefeitura e Câmara.


Notícias relacionadas

Como podemos te ajudar?