Notícias

Chuva forte atesta eficiência da obra de drenagem do Jardim Califórnia

  • Publicação: 07/11/2019 09:25h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 785

Foto

Foto: Eliando Figueira RIC/PMI

A obra de implantação de galerias pluviais na região do Jardim Califórnia passou pelo primeiro teste de eficiência com a chuva forte que atingiu a cidade na noite de terça-feira (05). O novo sistema de drenagem foi instalado nas imediações da Vila Costa e Silva, incluindo a Rua dos Indaiás, Algemiro Coraini Júnior, Silvio Talli e ruas das Violetas, das Hortênsias, das Palmas e das Camélias. Em alguns pontos da cidade foi registrado um volume da chuva de 55mm, o maior desde julho, quando as galerias foram interligadas, e não foi detectado nenhum dos antigos pontos de alagamento na região.

Segundo o prefeito Nilson Gaspar, o objetivo do trabalho foi cumprido. “Com essa chuva, monitoramos os pontos mais críticos da região do Jardim Califórnia e verificamos que o sistema de drenagem está funcionando como projetado. Foi uma obra bastante complexa, mas realmente necessária. Fizemos o que era possível para minimizar os transtornos durante os trabalhos, e agora é só aproveitar o benefício que a obra trouxe”, ressaltou.

A Administração Municipal investiu cerca de R$ 3,6 milhões na obra que foi iniciada em outubro de 2018 e que cumpriu o cronograma contratual, que era de 10 meses.

As novas galerias são compostas por mais de 2,1 mil metros de tubulação para a captação de águas pluviais e os trabalhos também incluíram a instalação de 1.667 metros de guias e sarjetas e mais 4.257 metros quadrados de pavimentação de ruas que sofreram intervenções. Todas as bocas de lobos também foram substituídas para aumentar a área de captação.

Para minimizar os transtornos desse tipo de obra, que inclui muitas escavações, a travessia sob a avenida Francisco de Paula Leite foi realizada utilizando método não destrutivo, na altura da ligação da Rua das Hortênsias com a Rua das Palmas, no Jardim São José.

O projeto da obra foi feito com base em um levantamento prévio dos pontos de alagamento, sendo o principal deles na rua Domacyr Stocco Júnior, no Jardim California. “As novas galerias captam as águas de chuvas que antes seguiam pela superfície das ruas que dão acesso à Domacyr, causando pontos isolados de enchentes. Esse problema está resolvido”, concluiu o prefeito.

Desde 2017 a Administração Municipal vem realizando ações preliminares para a ampliação dessas galerias de águas pluviais. Além da implantação de um muro de ala em gabião para a proteção das encostas no lançamento de águas pluviais localizado no Jardim Belo Horizonte, em 2018 a Prefeitura e o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgotos) trabalharam na limpeza das galerias pluviais já existentes, pelo processo de hidrojateamento.


Notícias relacionadas

Como podemos te ajudar?