Notícias

Prefeito assina Carta de Intenção junto com parceiros para ampliar o serviço de atendimento a gestantes

  • Publicação: 08/11/2019 16:20h
  • Redator(es): Laís Fernandes
  • Release N.º: 797

Foto

Foto: Eliandro Figueira RIC/PMI

O Prefeito de Indaiatuba Nilson Gaspar (MDB) assinou esta semana uma carta de intenção junto com o Rotary Club de Indaiatuba, Unimax – Centro Universitário Max Planck, a Fundação Leonor de Barros – Hospital Augusto de Oliveira Camargo, e a Secretaria Municipal de Saúde visando à implantação de uma unidade de referência no atendimento das gestantes de alto risco do município, agregando serviços e profissionais qualificados para atender às necessidades de saúde das gestantes e recém-nascidos de alto risco e ampliar o atendimento.

“Acabamos de formalizar uma parceria que tem entre as ações a ampliação do banco de leite. Vamos atender todas as mães da nossa cidade, que precisam da doação de leite. Vamos fazer um trabalho de educação para atendimento com qualidade, principalmente gestantes e futuras mães de Indaiatuba”, salienta Gaspar.

A gestação é um fenômeno fisiológico, evoluindo na maioria das vezes sem intercorrências. Entretanto, uma pequena parte das gestantes pode apresentar uma evolução desfavorável, por serem portadoras de alguma doença, sofrerem algum agravo ou desenvolverem problemas na gestação.

Essas gestantes compõem o grupo chamado de “gestantes de alto risco”. Essa denominação é importante para destacar o conceito de que nem todos os indivíduos vão evoluir da mesma maneira no processo saúde-doença, sendo necessário um cuidado à saúde capaz de identificar os riscos e atender os indivíduos conforme suas necessidades.

A morbimortalidade materna e perinatal ainda são um grande problema de saúde pública, apesar dos avanços econômicos e sociais do país nas últimas décadas. A grande parte das complicações que surgem na gravidez, parto e puerpério são preveníeis, sendo necessária a participação ativa do sistema de saúde. Indaiatuba tem melhorado seus indicadores perinatais nos últimos anos através de ações organizadas, integradas e com cobertura abrangente, atenta às necessidades desse período da vida. Nos últimos cinco anos a taxa de mortalidade infantil reduziu em 23,5% e a proporção de partos normais vem aumentando, diferente do que vem acontecendo na maioria das cidades brasileiras.

Os objetivos específicos dessa parceria é oferecer um serviço de referência à população, com foco no binômio mãe-bebê; reduzir a morbimortalidade materna e perinatal através da qualificação do atendimento às gestantes de alto risco e recém-nascidos; fortalecer o aleitamento materno e o vínculo mãe-bebê.

Os serviços oferecidos serão:

- Gestantes de alto risco: o atendimento às gestantes será realizado por equipe multiprofissional qualificada, de acordo com as diretrizes e protocolos do Ministério da Saúde e linhas de cuidado do estado de São Paulo.

- Programa Nascer Bem: esse programa, que atua desde 1998, será agregado a esse novo serviço, oferecendo atendimento a mães e bebês nas primeiras horas após o nascimento, com o objetivo de fortalecer a amamentação e o binômio mãe-bebê.

- Posto de Coleta de Leite Humano: será implementado o posto de coleta de leite humano, operando conforme as diretrizes nacionais e normas sanitárias.


Notícias relacionadas

Como podemos te ajudar?