Notícias

Balanço da Administração Municipal soma mais de 150 obras concluídas em três anos

  • Publicação: 03/12/2019 15:24h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 862

Foto

Foto: Eliando Figueira RIC/PMI

Em três anos, a Administração Municipal concluiu mais de 150 obras que contribuíram para melhorar a qualidade de vida da população de Indaiatuba. Só em 2019 foram entregues 62 obras e o ano fecha com outras 30 em andamento. Mais do que números, isso representa mais estrutura para a educação, saúde, esporte, lazer, trânsito, saneamento e para a segurança da cidade. É dessa forma que Indaiatuba cresce e cuida das pessoas que vivem aqui.

O prefeito Nilson Gaspar acrescentou ao balanço de obras deste ano o levantamento realizado pelo TCESP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) referente ao primeiro semestre de 2019, que destacou Indaiatuba como a única cidade entre as maiores da RMC (Região Metropolitana de Campinas) que não possui obra paralisada. “Tenho repetido isso com uma certa frequência, mas sempre é bom reforçar. Não se colhe resultados sem planejamento e gestão eficiente. Empregamos os nossos recursos com muita responsabilidade e sabemos exatamente o que estamos fazendo em cada setor, sempre com o objetivo de garantir o melhor aos nossos munícipes”, comentou.

Para o secretário de Planejamento Urbano e Engenharia, Rubens de Oliveira Júnior, este ano foi repleto de trabalho. “Concluímos muitas obras, iniciamos outras e também desenvolvemos alguns projetos novos que foram solicitados pelo prefeito e que colocaremos em prática no próximo ano. Para complementar, estamos trabalhando na revisão do Plano Diretor Municipal e na Lei de Uso e Ocupação do Solo. Fecho 2019 com a certeza de que minha equipe fez e continuará fazendo o melhor para que Indaiatuba esteja preparada para o futuro”, resumiu.

Na Secretaria de Obras e Vias Públicas a rotina foi a mesma. O secretário Robenilton Oliveira Lima definiu 2019 como um ano de bastante atividade com foco nos projetos que atendem o coletivo. “Foi um ano muito produtivo, com a execução de várias adequações de trânsito para acompanhar o crescimento da cidade e melhorias na iluminação pública. Também conseguimos modernizar nossos equipamentos e concluímos a padronização dos termos de conduta para novos empreendimentos, estabelecendo diretrizes para os serviços que envolvem pavimentação, drenagem e sinalização de trânsito, por exemplo. Isso nos permite garantir a qualidade na infraestrutura dos empreendimentos particulares”, concluiu.

Obras concluídas

Entre 2017 e 2019 a cidade recebeu duas novas creches, a “Profª Lúcia Steffen”, na Vila Teller, e “Profª Vera Lúcia Tachinardi Mizurini”, no Bairro Mato Dentro, além da ampliação da creche do Campo Bonito. Juntas, as unidades geraram cerca de 467 vagas para crianças a partir de 4 meses até 3 anos e 11 meses. Em novembro deste ano foi concluída a ampliação da Emeb do Campo Bonito, onde foram construídas quatro novas salas de aulas. A Emeb/Creche “Professora Janete Vieira Vaqueiro” também foi ampliada no período e, em 2018, a Prefeitura reformou o prédio da Emeb “Professora Elvira Maria Maffei”, para abrigar o Espaço Avançar. Essas obras somaram investimentos aproximado de R$ 5 milhões.

Na área da saúde, este ano o prefeito inaugurou o novo prédio da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Camargo Andrade e a nova UBS do Jardim das Maritacas. As duas unidades foram construídas em parceria com o Governo do Estado, por meio do programa Saúde em Ação, e foram viabilizadas com a ajuda do deputado estadual Rogério Nogueira. Mais de R$ 6 milhões de investimentos. Também em 2019, a população do Jardim Morada do Sol ganhou uma unidade do CEO (Centro de Especialidades Odontológicas), que funciona no prédio do antigo Mini Hospital. Em novembro, foi concluída a construção do novo prédio do SVO (Serviço de Verificação de Óbito) de Indaiatuba, que vai funcionar no Cemitério Municipal Parque dos Indaiás.

Os projetos sociais tiveram destaque com a Residência Inclusiva, inaugurada em outubro deste ano no Distrito Empresarial Bartolomai, com a proposta de oferecer serviço de acolhimento a pessoas, jovens e adultos com deficiência em situação de dependência, que ficaram órfãos e não têm condições de viverem sozinhos. O projeto é administrado em parceria com o Ciasp (Centro de Inclusão e Assistência a Pessoas com Necessidades Especiais).

O público da Terceira Idade também foi beneficiado no período. O Centro Dia e Instituto de Longa Permanência do Idoso foi entregue em 2018, e oferece 50 vagas para a permanência durante o dia e 48 vagas para moradia. No mesmo ano a Administração Municipal inaugurou o Espaço Bem Viver, um espaço de convivência criado para atender a população de Indaiatuba acima de 55 anos, que resultou da ampliação do Clube XVI de Janeiro com quadra coberta e piscina aquecida.

Este ano as melhorias no trânsito foram marcadas pelo projeto de interligação de bairros, com a abertura de três novas vias na região do Jardim Regina, e investimentos em torno de R$ 3,9 milhões. Desde 2017 também foram concluídos o elevado e a nova alça de acesso do Jardim Hubert; a pavimentação de cinco vias da região norte da cidade, incluindo a Alameda das Nações e rua Ademar Von Ah; o recapeamento da Estrada do Fogueteiro e de outras 20 ruas; e a construção de mais de 12 quilômetros de ciclovias, incluindo as avenidas Conceição e Bernardino Bonavita, e a finalização da ciclovia na Marginal Esquerda do Parque Ecológico.

Em três anos, 83 vias tiveram a direção de trânsito alterada. Em 2019 a equipe de repintura da sinalização de trânsito atendeu 56 bairros. No final de novembro foi concluída a revitalização de toda a sinalização do Morada do Sol. O trabalho integra o convênio firmado com o Governo do Estado dentro do Programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, que foi viabilizado pelo deputado estadual Rogério Nogueira.

No triênio foram instalados semáforos em 15 pontos da cidade, incluindo a alameda Comendador Dr. Santoro Mirone, na avenida Manoel Ruz Peres e as ruas Comendador Antônio Nagib Ibrahim e Soldado João Carlos de Oliveira Júnior, que foram pontos que também exigiram reformulação de trânsito. Outros pontos importantes, como o cruzamento da avenida Kennedy com a rua XV de Novembro e a confluência da avenida Francisco de Paula Leite com a Rua dos Indaiás, receberam semáforo em 2017.

Os espaços de lazer da população também aumentaram com a entrega do Parque do Mirim, o novo Parque Ecológico construído no entorno da barragem no Rio Capivari-Mirim, e do Parque da Criança, além das urbanizações do Campo Bonito, do Colinas I e do Conjunto Habitacional Caminho da Luz. Na lista do período ainda estão o complemento da área de lazer do Vale do Sol e a revitalização das Praças do Cato e da Prudente de Morais, que também ganharam banheiros novos. A Pista de Skate do Parque Ecológico ganhou um half pipe novinho.

Neste triênio foram entregues a Casa da Memória; o Complexo Esportivo do Jardim Morada do Sol; o novo Terminal Rodoviário; o Ponto Verde, onde funciona a Feira de Agricultura Familiar de Indaiatuba e a ampliação da sede da Guarda Civil. Foram implantados 13 ecopontos subterrâneos e entrou em funcionamento o ecoponto de inertes no Jardim João Pioli.

Entre as obras de infraestrutura urbana prontas o destaque é a obra de drenagem do Jardim Califórnia com a ampliação de galerias pluviais na região da Vila Costa e Silva. A obra recebeu investimentos de R$ 3.597.742,56 e resolveu um problema antigo de alagamentos de ruas do Jardim Califórnia. Também foram concluídas esse ano as obras de infraestrutura do Dimpe II (Distrito Industrial de Micro e Pequenas Empresas), no Bairro Pimenta, que recebeu galerias pluviais, implantação de redes de água e de esgotos, asfalto e rede de energia elétrica.

Para completar, no período o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgotos) concluiu a construção da barragem do rio Capivari-Mirim; ampliou a ETA III – Estação de Tratamento de Água do bairro Pimenta, o que aumentou em 50% a capacidade de tratamento de água; fez a setorização e substituição de 11 km de redes da região central por método não destrutivo, e concluiu a Estação Elevatória de Esgotos da zona norte.

Obras em Andamento

Educação

Até o final do ano a Secretaria de Planejamento Urbano e Engenharia entrega as obras da creche do Parque Residencial Sabiás e da Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) do Bairro Cidade Nova. A nova creche oferecerá dez salas de aula/berçários e terá capacidade para atender 250 crianças. Já a Emeb foi construída com quatro pavimentos e 12 salas de aulas, que permitirá a oferta de 720 vagas. Nas duas unidades a Prefeitura investiu cerca de R$ 10 milhões.

A Administração Municipal ainda trabalha na ampliação de outras duas unidades educacionais: a Emeb Parque das Nações e Emeb Profª Maria Cecília Ifanger, na Vila Avai. Além de ganhar duas novas salas de aula, o prédio da Emeb Parque das Nações foi todo reformado e a obra deve ser concluída em janeiro.

Na Emeb Maria Cecília Ifanger a ampliação inclui a construção de quatro novas salas de aula e uma sala de apoio, construídas no entorno do pátio central, que será coberto, totalizando 516m² de área construída. O prédio já existente será reformado e receberá pintura completa. A previsão é de que essa obra seja entregue no primeiro semestre de 2019.

As escolas receberam cerca de R$ 2 milhões de investimentos nas reformas e ampliações.

Saúde

O Hospital Dia “Dr. Renato Riggio Jr” está em obras para a reformulação e ampliação do Centro Cirúrgico. Entre as mudanças está a construção de uma nova sala de cirurgias. A ampliação é executada por meio do projeto “Contador Solidário”, uma parceria firmada entre e Prefeitura de Indaiatuba e a Aesci (Associação das Empresas de Serviços Contábeis de Indaiatuba). Atualmente o Hospital Dia conta com duas salas cirúrgicas e realiza cerca de 300 cirurgias mensais, mas com a ampliação será possível atender até 450 pacientes por mês.

A Secretaria de Obras e Vias Públicas também está concluindo a reforma geral do Derefim (Departamento de Reabilitação Física e Mental) ligado à Secretaria Municipal de Saúde. O prédio que será reinaugurado no dia 09 de dezembro, ganhou novos pisos e uma nova fachada, passou por adequações internas e recebeu pintura geral.

Outra obra importante na área da saúde que está próximo de ser concluída é a ampliação do Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), que é feita pela Fundação Leonor de Barros Camargo, em parceria com a Prefeitura. O novo prédio de 7.500m² divididos em cinco pavimentos foi construído ao lado do Pronto Socorro e oferecerá 210 novos leitos. A previsão de entrega é para o primeiro semestre de 2020.

Social

Em maio a Administração Municipal emitiu a Ordem de Serviços para a Construção do Centro de Cuidado da Pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo - TEA. O prédio está em construção na rua Pérsio Sampaio Filho, no Jardim Renata. A obra totaliza R$ 1,2 milhão de investimentos e deve ser entregue no primeiro trimestre do próximo ano.

Conforme projeto da Secretaria de Planejamento Urbano e Engenharia, a edificação é térrea com 490,58m² de construção, dividido em seis salas multiuso, uma oficina terapêutica, sala sensorial, sala de fisioterapia e sala de hidroterapia com piscina de 2,20m de largura por 3,40m de comprimento e 1,20m de profundidade, além de vestiário. O prédio também terá cozinha, refeitório e varanda.

Esporte e Lazer

Para a prática esportiva e o lazer da população, a Prefeitura mantém quatro grandes obras em andamento, entre elas os núcleos esportivos da Cecap (Vila Brigadeiro Faria Lima), do Jardim Carlos Aldrovandi e do Parque Campo Bonito. Nas três obras são investidos R$ 13,7 milhões. Destaque também para a urbanização do final do Parque Ecológico, que será inaugurado no próximo sábado (07).

O Complexo Esportivo Cecap começou a ser construído em agosto deste ano, na Praça Renê Sperândio, e deve ficar pronto no final de 2020. O espaço oferecerá piscina semiolímpica aquecida, academia e ginásio poliesportivo com uma quadra de medidas oficias e arquibancada com capacidade para 463 pessoas.

No final de outubro foi iniciada a construção do Núcleo Esportivo do Jardim Aldrovandi, na avenida Ângelo Bertelli Neto, ao lado da quadra da Emeb Professora Maria Albertina Bannwart Berdu. O espaço também deve ser entregue no final do próximo ano. O projeto da Secretaria de Planejamento Urbano e Engenharia terá uma piscina semiolímpica aquecida, equipada com cadeira de transferência acessível e arquibancada para o público. A academia oferecerá um espaço multiuso para exercícios aeróbicos e lutas.

A construção de Complexo Esportivo do Campo Bonito, está em fase mais adiantada e deve ser entregue até o final do primeiro semestre. O espaço com piscina e ginásio poliesportivo é construído na avenida Ottilia Ferraz de Camargo, ao lado da unidade de saúde do bairro. Um dos blocos é composto por uma piscina semiolímpica aquecida, academia e espaço multiuso para exercícios aeróbicos e/ou lutas. No outro bloco funcionará um ginásio poliesportivo com uma quadra de medidas oficias e arquibancada com capacidade para 463 pessoas.

O final do Parque Ecológico, trecho entre o Jardim Paulistano e o Jardim Morada do Sol, recebe os últimos retoques no paisagismo para ser inaugurado no próximo domingo (08). No espaço foram construídos campo de futebol oficial com vestiários, quadra poliesportiva, duas meias quadras de basquete, estacionamento com espaço para eventos, playground, pista de caminhada e ciclovia no entorno de três lagos.

Até o final de dezembro a Prefeitura também deve entregar a Quadra Estação Cidadania – Esporte, construída no Centro Esportivo do Trabalhador, com recursos de aproximadamente R$ 3 milhões provenientes do Ministério dos Esportes. O projeto conta com quadra e arquibancada para 177 lugares no piso térreo e uma academia no pavimento superior.

Infraestrutura

Este ano a Prefeitura deu início a duas grandes obras de infraestrutura viária muito esperadas pela população: a requalificação da avenida Ário Barnabé, no Jardim Morada do Sol, e a duplicação da alameda Coronel Antônio Estanislau do Amaral, em Itaici. Os projetos são da Secretaria de Obras e Vias Públicas e recebem investimentos em torno de R$ 14 milhões.

A obra de requalificação da Ário Barnabé começou em março e já está bem adiantada. A previsão é de que os serviços estejam concluídos no início de 2020. O projeto inclui a criação de bolsões de estacionamento no canteiro central, adequação, alargamento e recapeamento da faixa para veículos em uma extensão aproximada de 2,1 km, além de padronização de todo o calçamento no acesso aos imóveis e instalação de pisos táticos nas calçadas, seguindo as normas de acessibilidade. As ciclovias que ficavam no canteiro central serão substituídas por ciclofaixas nas laterais da via. A Ário também ganhará travessias elevadas para pedestres, dez baias de ônibus com recuo, revitalização da rede de distribuição de energia, novas placas de identificação de ruas nos cruzamentos, e a padronização dos equipamentos semafóricos no modelo novo.

Na alameda Coronel Antonio Estanislau do Amaral os trabalhos foram iniciados em junho e a obra deve ser entregue no segundo semestre do próximo ano. A via de 2,1 quilômetros ganhará quatro faixas de rolamento em toda a sua extensão e para isso serão necessárias intervenções nas galerias pluviais e realocação das galerias de água. As intervenções vão da altura da rodovia SP-075 e se estendem até o trecho inicial da rodovia José Boldrini, na altura da portaria do condomínio Colinas do Mosteiro de Itaici. Será criado um canteiro central que dividirá as duas faixas no sentido centro-bairro e duas no sentido bairro-centro, que resultará em 27 mil m² de asfalto novo e recapeamento, além de 4 mil metros lineares de calçadas e uma nova ponte de concreto sobre o rio Jundiaí. Entre as novidades também está a instalação de um novo sistema semafórico nas proximidades da rua Suíça e a remodelação do equipamento que funciona na confluência com a avenida Ezequiel Mantoanelli. Quatro pontos da alameda ganharão travessias elevadas para pedestres e as calçadas foram projetadas seguindo todas as normas de acessibilidade. O sistema de iluminação da Estanislau do Amaral também será revitalizado.

No Jardim Morada do Sol a Prefeitura também trabalha na duplicação da rua Martinho Lutero, no trecho entre as ruas Nelson Nazário e Irineu Rocha Ribeiro. São 7.081,02m² de pavimento novo e 9.889,86m² de recapeamento, além da construção de 2.998,13 metros de calçadas com rampas de acessibilidade e aplicação de piso podotátil, sistema de drenagem de águas pluviais, recapeamento, divisão das faixas por canteiro central com postes de iluminação LED, e sinalização viária. A obra já está na fase final e ficará pronta com a urbanização do Parque Ecológico do Jardim Paulistano.

Para completar a lista de melhorias na infraestrutura viária da cidade, a Prefeitura trabalha na obra de recapeamento de quatro ruas localizadas no Jardim Pau Preto. As ruas Acrísio de Camargo, Capitão Boaventura do Amaral, João Tibiriçá Piratininga e Padre José de Anchieta serão beneficiadas pelo convênio firmado com o Governo Federal. O prazo previsto para a conclusão dos serviços é início de dezembro.

Iluminação

Até o final de novembro a Prefeitura concluiu a instalação e substituição de mais de 4 mil pontos de iluminação pelo modelo LED. A novidade atendeu boa parte do Parque Ecológico, as principais praças e avenidas da cidade e quatro bairros inteiros: Vila Brigadeiro Faria Lima (Cecap I, II e III), os jardins Tancredo Neves e Oliveira Camargo e o bairro Pau Preto. São lâmpadas de 50 a 190 watts de potência, dependendo da necessidade da via.

No Jardim Morada do Sol, 11 ruas foram beneficiadas com 616 lâmpadas de LED. São vias de maior movimento e também as vias utilizadas pelo transporte coletivo urbano, como as ruas João Martini, Silvio Candelo, Serafim Gilberto Candelo e Zephiro Pucinelli.

O prefeito Nilson Gaspar ressaltou que o objetivo desse trabalho é proporcionar uma iluminação mais eficiente e garantir mais segurança à população. “Escolhemos os quatro bairros que tiveram 100% da iluminação substituída por LED com base em um levantamento que fizemos para identificar os pontos que precisavam de mais iluminação. A medida faz parte de uma série de ações que estamos realizando para tornar o município cada vez mais seguro”, justificou o prefeito.

Além de proporcionar mais segurança aos munícipes, a Prefeitura também promove uma economia no consumo de energia. De acordo com o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), a lâmpada LED é mais econômica porque sua eficiência luminosa é maior do que as outras lâmpadas. Isso significa que gasta menos energia para gerar a mesma iluminação. As LEDs podem durar pelo menos 25 vezes mais do que as lâmpadas incandescentes e quatro vezes mais do que as fluorescentes compactas, dependendo do modelo.

No geral, de 2017 e 2019 a equipe de Iluminação Pública da Secretaria de Obras registrou 1.558 novos pontos de iluminação pública na cidade.

Saneamento

A ampliação da Estação de Tratamento de Esgotos - ETE “Mario Araldo Candelo” já está em fase de testes e a entrega da obra deve ser feita no início de 2020. A ETE permitirá ao município ter 100% do esgoto tratado pelo método biológico, um dos mais avançados métodos de tratamento de esgoto do mundo. No local também funciona uma Estação de Tratamento de Água de Reuso, que também foi ampliada recentemente, e que fornecerá água para empresas usar em linhas de produção, para lavagem de ruas e rega de jardins, assim que a ETE entrar em operação efetivamente.

O Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgotos) também dá andamento à obras de instalação do emissário de Travessia da antiga churrascaria Boi Gordo até a ETE Mário Araldo Candelo; à implantação da segunda fase do emissário de esgotos do Parque Ecológico, em um trecho de 5,3 quilômetros; à construção de uma adutora no Altos da Bela Vista, e no desassoreamento de lagos.

Mais obras

O balanço de obras de 2019 também inclui a construção do Ponto Cidadão, que funcionará no antigo Terminal Rodoviário da avenida Presidente Vargas. As obras recebem investimentos de aproximadamente R$ 4 milhões e o espaço deve ser entregue à população no primeiro trimestre de 2020. O prédio terá dois pavimentos, sendo que o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) e um posto de atendimento de serviços públicos dividirão espaço no pavimento térreo, onde também funcionarão duas lanchonetes, quatro lojas, sanitários feminino e masculino acessíveis, depósito, refeitório/copa e praça de alimentação. No pavimento superior funcionarão o Procon e a Junta Militar, um segundo refeitório, sanitários e uma sala para treinamento/reuniões.

A ampliação e reforma do Centro de Reabilitação Animal completa a lista de obras em andamento e que devem ser entregue nos primeiros meses do ano. O projeto e a equipe de execução é da própria Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente. Estão em construção 16 novas baias individuais para cães e gatos nas áreas de pré e pós-operatório, e oito novos canis. Na área ampliada também serão construídos um consultório para avaliação clínica dos animais e uma nova sala de paramentação ligada ao centro cirúrgico. As ampliações ainda incluem o setor administrativo que ganhará uma recepção nova com capacidade para dois guichês de atendimento, e mais dois banheiros acessíveis.

Projetos 2020

As secretarias de Planejamento Urbano e Engenharia e Obras e Vias Públicas já trabalham com foco em 2020. Entre os projetos que devem ser iniciados no próximo ano estão a construção da escola de período integral no Jardim Veneza e as ampliações das Emebs Profª Walda Maria Stocco Prandini, no Campo Bonito, e Profª Áurea Moreira da Costa, na Vila Teller, além do Espaço Avançar.

A construção de um Centro Esportivo na área doada pela Toyota, que inclui um novo Ginásio de Esportes, a quadra poliesportiva coberta no bairro Videiras, que será construída ao lado da Emeb Boardo Borsari, e o novo teatro no Ginásio de Esportes, também estão entre os projetos com previsão de serem iniciados em 2020.

Para o trânsito, o foco deve ser os recapeamentos de diversas avenidas e ruas e as reformulações viárias. A abertura e pavimentação da via de interligação à Rua do Badin, por trás do novo Terminal Rodoviário, integrará as obras de duplicação da Rua dos Indaiás no trecho entre a Rodoviária e a Praça Andrea Bonachela.

A alameda Capovilla é outra via que será duplicada, entre a marginal norte da rodovia SP-075 até o Dimpe II – Distrito de Micro e Pequenas Empresas.

Na programação também está a abertura e pavimentação da nova avenida na área da Fundituba, cujos trabalhos de limpeza do terreno já foram iniciados.

Pela quantidade de projetos, 2020 também será um ano de muito trabalho e de mais conquistas importantes para o município.


Notícias relacionadas

Como podemos te ajudar?