Notícias

Prefeitura define ações para restringir visitas aos cemitérios no Dia das Mães

  • Publicação: 06/05/2020 09:51h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 325

Foto

Foto: Eliando Figueira RIC/PMI

Os cemitérios Parque dos Indaiás e da Candelária (Pedras e Taipas) terão horário de funcionamento reduzido no próximo domingo (10), quando se comemora o Dia das Mães. As visitas serão permitidas somente das 8h às 13h, com entrada controlada e o uso de máscaras será obrigatório. As medidas fazem parte de uma série de ações desenvolvidas pelo município no período de quarentena para conter o avanço de contaminação do novo coronavírus. Mesmo com as ações, a orientação é para que as pessoas não saiam de casa e evitem visitar os cemitérios na data.

Depois do feriado de Finados, o Dia das Mães e Dia dos Pais são as datas de maior movimento de visitantes nos cemitérios. Com a necessidade de isolamento social para o combate à Covid-19, este ano a Prefeitura decidiu restringir o horário de abertura e também controlar o fluxo de pessoas que circulam pelo local. Em anos anteriores, o número de visitantes nos cemitérios da Candelária e dos Indaiás no Dia das Mães foi de aproximadamente 4.500 pessoas, por isso a decisão de ampliar os cuidados na data.

O secretário de Serviços e Urbanos e Meio Ambiente, Leandro Dias de Souza, informou que as ações serão tomadas em parceria com a equipe de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde. “Nossa equipe e a equipe de fiscais da Vigilância Epidemiológica farão o controle nas portarias para exigir o uso de máscaras, medir a temperatura dos visitantes e orientar sobre a necessidade da higienização das mãos e da etiqueta respiratória, que é fundamental para evitar a propagação de doenças infecciosas”, explicou.

Agentes do Departamento Municipal de Trânsito também estarão nas ruas próximas aos cemitérios para acompanhar o comportamento do trânsito, mas diante das orientações de isolamento social, a previsão é de que não sejam necessárias interdições de ruas.


Notícias relacionadas