Relações Institucionais

 

Notícias

Prefeito Nilson Gaspar homenageia o empresário Rafaello Fantelli (em memória)

  • Publicação: 20/08/2021 15:13h
  • Redator(es): Renata Lippi A. Lemuchi
  • Release N.º: 972

Foto

Foto: Eliandro Figueira – RIC/PMI

Na manhã desta sexta-feira (20) o prefeito Nilson Gaspar (MDB) prestou homenagem ao empresário Rafaello Fantelli (em memória) através da Lei 7.635 que denomina a área institucional localizada no Distrito Industrial para Micro e Pequenas Empresas (DIMPE II).

A cerimônia aconteceu no Gabinete e contou com a presença do filho Aldo José Fantelli e sua esposa Barbara Rita Corsetti Fantelli; a neta Mariana Fantelli Stelini Pereira e marido Thiago Rached Pereira, além do amigo e jornalista Kleber Patrício.

Rafaello Fantelli nasceu na Itália, mas foi em Indaiatuba que constituiu sua família e construiu sua história como empresário, destacando-se tanto na área industrial como social. Em 1993 foi agraciado com o título de Cidadão Indaiatubano e desde 2018 também dá nome ao título honorífico “Empresário do Ano” outorgado pela Câmara Municipal.

O prefeito Nilson Gaspar destacou a contribuição do empresário Rafaello Fantelli para o desenvolvimento de Indaiatuba. “Hoje estamos aqui para prestar uma justa homenagem ao saudoso Rafaello Fantelli, que saiu da Itália para empreender em Indaiatuba e contribuiu ativamente para nossa cidade se tornar a referência que é nos dias de hoje. Não tinha nome melhor para este espaço, pois lá serão instalados diversos comércios e empresas, os quais vão gerar emprego e renda, e consequentemente transformarão a vida de muitos indaiatubanos”, concluiu Gaspar.

O presidente da Câmara, Pepo Lepinski, ressaltou que o projeto do Executivo enviado ao Legislativo foi aprovado por unanimidade. “Muito me emociona poder participar desta homenagem, conheço o Srº Rafaello desde pequeno, quando minha mãe trabalhava para a família. Participar deste projeto, que foi aprovado por todos os vereadores, me deixa muito feliz. Parabenizo o prefeito Gaspar pela merecida homenagem”, completou Pepo.

Aldo José Fantelli, filho do empresário Rafaello Fantelli, agradeceu todos os presentes e emocionou-se em dizer que é uma honra receber essa homenagem em nome do pai, o qual foi muito importante em sua vida. “Indaiatuba é uma cidade muito boa de se viver. Tudo isso começou lá trás, com pessoas desapegadas de si própria e vinculadas ao interesse de outros. O meu pai era uma dessas pessoas. Sempre o via dando de si, antes de pensar em si. Meu pai escolheu Indaiatuba como sua cidade de coração e foi aqui que ele dedicou sua vida e colaborou para o desenvolvimento industrial, sem esquecer o lado social. Estou muito agradecido por esta linda homenagem feita a meu pai”, encerrou Fantelli

Também estiveram presentes os secretários municipais de Relações Institucionais e Comunicação, Drª Graziela Milani e de Governo, Luiz Alberto Cebolinha Pereira; e o diretor do departamento de preservação e memória, Henrique Steve. Além dos vereadores Alexandre Peres, Arthur Spíndula, Othniel Harfuch e o professor Sérgio José Teixeira.

Biografia

Raffaello Fantelli nasceu em 31 de agosto de 1926, na cidade de Bassano del Grappa, na região do Veneto, Norte da Itália.

Filho de Aldobrandino Fantelli e Cecilia Silvestrini Fantelli. Tinha uma irmã mais velha Ermelinda Fantelli Ferraro já falecida.

Em 1940 quando começou a Segunda Guerra, vivendo na Itália, teve que interromper os estudos.

Em 1944, quase no fim da guerra, Rafaello Fantelli foi convocado, sem no entanto, participar na frente da batalha.

Após o final da guerra, ainda na Itália, terminou os estudos e formou-se como radiotécnico em 1947 (equivalente ao curso de Engenheiro diplomado no Brasil).

Em 1949, veio ao Brasil no navio Cuiabá, com seu amigo Cláudio dal Canton. Eles chegaram no porto de Santos, no dia 21 de abril de 1949.

Como radiotécnico, montou diversos transmissores e estações de rádio AM, especialmente no interior de Minas Gerais.

Mais tarde, durante dois anos, também ministrou aulas na Universidade Mackenzie.

Neste período em São Paulo, conheceu a esposa Judith Giomi, com quem se casou em 1950. Raffaello foi convidado pelo sogro a ser sócio da empresa da família, a Giomi & Cia, até então com sede em São Paulo e que posteriormente mudou-se para Indaiatuba.

A vida de Raffaello então estava comprometida com a família e com o trabalho. Após o casamento em 20 de maio de 1950, nasceu a filha mais velha, Maria Cecília Fantelli Stelini em 1951.

Em 1° de fevereiro de 1952, Raffaello e Judith mudaram-se para Indaiatuba para trabalhar na empresa da família, mais tarde denominada Textil Judith S/A; em 1958 nasceu o filho mais novo Aldo José Fantelli.

Com a mudança para Indaiatuba aqui criou raízes. Foi importante agente do desenvolvimento de Indaiatuba, tanto no aspecto industrial como no social.

Como industrial, além de trabalhar no desenvolvimento da Têxtil Judith S/A, uma das poucas indústrias da cidade na época, participou da criação e gestão de diversas empresas: Indaiatuba Têxtil, Gro-Tem Confecções, Ivesa (Indaiatuba Veículos S/A), empresas que juntas chegaram a oferecer 1.200 postos de trabalho.

Também foi sócio fundador da Rádio Jornal de Indaiatuba em 07 de março de 1978, e do Jornal de Indaiatuba, este de curta duração.

Num ato de visão, foi sócio fundador da empresa Birô 2000 Serviços Integrados S/A, primeira empresa de processamento de dados e informática da cidade.

Participou ativamente das atividades religiosas da Igreja Candelária, sem deixar de ajudar outras igrejas. Atuou também no Centro Espírita Padre Zabeu Kauffman.

Foi agraciado com o título de Cidadão Indaiatubano em 09 de dezembro de 1993. O homenageado teve atuação tão destacada em Indaiatuba que desde 2018 também dá nome ao título honorífico “Empresário do Ano” outorgado pela Câmara Municipal.

Como agente social, entre outras atividades, foi presidente do Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização) na década de 70 e diretor financeiro da Assin (Associação de Segurança de Indaiatuba), além de apoiador da Paróquia Santa Rita de Cássia.

Foi sócio fundador do Rotary Indaiatuba em 1º de julho de 1955, do Indaiatuba Clube em 1º de julho de 1957, e da Sociedade Ítalo Brasileira de Indaiatuba em 25 de maio de 1998.

Participante das atividades da Colônia Helvétia, foi um dos participantes da reestruturação da Sociedade de Tiro ao Alvo de Helvetia em 1978.

Era diplomado da ADESG – Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra.

Foi presidente do Rotary Club Indaiatuba por 2 gestões 1957/58 e 2005/06 e governador de Distrito Rotário no biênio 80/81. Posteriormente, colaborou na administração do Fundo Distrital.

Sua preocupação com o próximo fez com que ele tocasse a vida de muitas pessoas.

Raffaello Fantelli faleceu em Indaiatuba, aos 06 de abril de 2009 deixando, além dos 2 filhos (Cecília e Aldo) 5 netos: Rafael, Mariana e Mateus Fantelli Stelini, e Felipe e Fernanda Corsetti Fantelli.


Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba