Relações Institucionais

 

Notícias

Indaiatuba tem 17.252 adolescentes entre 12 e 17 anos vacinados contra Covid-19

  • Publicação: 17/09/2021 17:25h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 1116

Foto

Foto: Eliando Figueira RIC/PMI

A Secretaria Municipal de Saúde informa que Indaiatuba segue as orientações do Governo do Estado e manterá a vacinação contra Covid-19 para adolescentes entre 12 e 17 anos. O município já vacinou 17.252 adolescentes de um total de 19.006 inscritos na plataforma Minha Vacina. A Prefeitura aguarda a liberação do Estado de novas doses de vacina para dar continuidade à imunização do grupo dessa faixa etária.

Entre os indaiatubanos vacinados estão 2.589 adolescentes de 12 anos; 2.513 de 13 anos; 2.919 de 14 anos; 3.028 com 15 anos; 3.070 de 16 anos e 3.133 de 17 anos. Desses, 563 adolescentes estão cadastrados com comorbidades.

A secretária da pasta, Graziela Garcia, orienta as famílias dos adolescentes que ainda não receberam a primeira dose do imunizante contra Covid-19 a aguardarem uma nova convocação. “Ainda temos um grupo de 1.754 adolescentes cadastrados e que não compareceram nas datas de convocação para receber a vacina ou que se cadastraram após o período de convocação. Orientamos que essas famílias acompanhem o e-mail cadastrado na Minha Vacina e aguardem uma nova chamada”, avisa.

O cadastro na plataforma Minha Vacina para adolescentes foi aberto no dia 17 de agosto e a vacinação do grupo em Indaiatuba foi iniciada no dia 28 de agosto. Desde então a campanha prosseguiu normalmente até a convocação do último grupo de 12 anos, que aconteceu na segunda-feira (13). A Secretaria de Saúde ainda realizou uma repescagem de adolescentes entre 14 e 17 anos na terça-feira (14), e agora aguarda a liberação de novas doses da Pfizer para fazer uma outra repescagem, incluindo 12 e 13 anos.

Na quarta-feira (16), o Governo Federal emitiu uma nota informativa suspendendo a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos. Em resposta ao anúncio, o Governo do Estado também emitiu uma nota informando que São Paulo continuará vacinando os adolescentes, sob o argumento de que a decisão do Ministério da Saúde vai na contramão de autoridades sanitárias de outros países como os Estados Unidos, Chile, Canadá, Israel, França e Itália, que já vacinam esse grupo.

Em nota o Estado ainda ressaltou que as diretrizes do Governo Federal criam insegurança e em milhões de adolescentes e famílias que esperam ver os filhos imunizados, além de professores que convivem com eles diariamente.

Até a quarta-feira o Plano Estadual de Imunização já havia vacinado 2,4 milhões de jovens de 12 a 17 anos, o que representa 72% do público desta faixa etária.


Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba