Relações Institucionais

 

Notícias

Saneamento Básico Municipal é discutido em Palestra online

  • Publicação: 21/12/2021 15:26h
  • Redator(es): DCS
  • Release N.º: 1552

Foto

Foto: Divulgação/ DCS- Saae

O Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) foi discutido na tarde desta terça-feira (21), durante o webinar “Elaboração da Revisão do Plano Municipal de Saneamento Básico”, promovida pela Prefeitura de Indaiatuba e Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae), e idealizada pelo Grupo Novaes, empresa especializada em saneamento. O evento online foi aberto para todos e contou com 163 pessoas inscritas.

Durante a Palestra os presentes tiveram a oportunidade de tirar dúvidas sobre o Saneamento Básico do município, apresentar sugestões e com isso, dar início a um diagnóstico municipal dentro dos módulos de saneamento que incluem a coleta, afastamento e tratamento de esgoto, abastecimento de água, drenagem pluvial, resíduos sólidos, varrição e capina.

Indaiatuba já possui o Plano de Saneamento Básico e a iniciativa da reunião é para que haja uma revisão. Desta forma será possível fazer um estudo para acompanhar e atender a população diante do crescimento do município.

A palestra teve a participação dos assessores da Superintendência do Saae, Vanessa Kühl e do diretor de Projetos, Caio Antonio do Amaral Sampaio, da equipe Gestora do Contrato, Edmilson Luz, José Trinca e representante da Drenagem da Secretaria Municipal de Obras e Vias Públicas, o técnico em Edificações, Rogério Aparecido Forão Ferreira, dos Resíduos Sólidos da Secretaria Municipal de Urbanismo, representado pelo secretário da pasta, Guilherme Gaspar Magnusson, diretor do Grupo Novaes, Luciano Farias de Novaes, gerente de Projetos do Grupo Novaes, Luana Ribeiro da Silva e o engenheiro Ambiental Anderson Assis Nogueira.

Definido na Lei 11.445/2007, o saneamento básico consiste nas atividades a cargo do Poder Público, isto é, fornecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, drenagem, entre outros. A Lei trouxe novas diretrizes nacionais, definiu o planejamento dos serviços básicos como instrumento fundamental para se alcançar o acesso universal do saneamento básico e entre essas ferramentas criou o Plano Municipal de Saneamento Básico.



Revisão Plano Saneamento

A Prefeitura iniciou em 27 de agosto deste ano a revisão do Plano com objetivo principal de ampliar a universalização dos serviços no município. O resultado será melhoras importantes na saúde e qualidade de vida do cidadão. Essa iniciativa auxilia a Gestão Pública na obtenção de recursos financeiros junto ao Governo Federal.

Enquanto os números do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) apontam que no país, em 2019, a coleta de esgoto ficou em 61%, o tratamento em 49% e a água tratada em 92% nas áreas urbanas; em Indaiatuba 98% da população recebe água tratada e 70% do esgoto coletado é tratado. Além disso, na Indsat, pesquisa de satisfação dos moradores, tanto o abastecimento como a qualidade de água são destaques com “alto grau de satisfação”.

Investimentos

O desenvolvimento do setor na cidade tem ocorrido por meio de grandes investimentos. Um deles foi a instalação da Barragem com Rio Capivari-Mirim, no final de 2018, com capacidade para armazenar 1,3 bilhão de litros de água. O barramento demonstrou eficiência com a manutenção do abastecimento no período de estiagem deste ano, que foi o maior registrado desde a crise hídrica de 2014. Como resultado, Indaiatuba sequer precisou realizar rodízio de fornecimento.

Outra obra de destaque foi a ampliação da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) Mário Araldo Candello. A unidade entrou em operação no ano de 2020 e permite que o tratamento alcance até 100% de tudo o que é coletado.

Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba