Relações Institucionais

 

Notícias

Sétima edição da Mostra de Artes Cênicas reúne espetáculos e workshop gratuitos

Projeto reúne 13 peças em diferentes pontos e aula sobre o Método Tabladiano com André Mattos
02/08/2022 13:28h


Foto: Wagner Carvalho
Foto

Celebrando seus 25 anos, o Grupo Emcantar apresenta versão para clássico de Chico Buarque

A sétima edição da Mostra de Artes Cênicas acontece ao longo do mês com a participação de 11 grupos locais em espetáculos infanto-juvenis e adultos, além de abertura e encerramento com atrações especiais. Os espetáculos acontecem no Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) do Jardim São Conrado, no Centro Cultural Hermenegildo Pinto (Piano) e na Sala Acrísio de Camargo com entrada franca e os ingressos devem ser retirados uma hora antes do início de cada peça. A realização é da Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

Os objetivos da Mostra são promover a difusão de trabalhos de grupos de pesquisa continuada na área de artes da cena, contribuir para a formação de público e plateia no município, bem como fomentar o teatro em Indaiatuba.

“As companhias e grupos de teatro de Indaiatuba vêm se destacando a cada edição da Mostra de Artes Cênicas e este ano não será diferente”, afirma a secretária municipal de Cultura, Tânia Castanho. “Ainda mais agora, que voltamos ao habitat natural do teatro, que é o palco, para alegria de todos os envolvidos neste projeto e também do público”.

Todos os espetáculos participaram de Edital de Chamamento Público e foram avaliados por uma curadoria externa contratada pela Secretaria Municipal de Cultura. Três profissionais avaliaram os seguintes critérios: qualidade artística e cultural, impacto cultural da proposta para o município, factibilidade, técnica e originalidade.

Integram a curadoria: André Mattos, aluno de Ruy Guerra no Curso Superior de Cinema da Universidade Gama Filho, é professor de Teatro na escola O Tablado, de Maria Clara Machado, e diretor da Fazenda da Arte Produções Artísticas Ltda. Foi assistente de direção de Domingos Oliveira, Chico Anysio e Maria Clara Machado.

Ricardo Kosovski é doutor em Comunicação e Cultura pela ECO/UFRJ, dedicando-se ao magistério como Prof. Associado IV da Escola de Teatro da UNIRIO e da Pós-Graduação em Artes Cênicas da mesma universidade. É ator e diretor teatral.

José Dias é Mestre e Doutor pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Atualmente, é professor titular da Universidade do Rio de Janeiro e professor adjunto da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Workshop

André Mattos, Ricardo Kosovski e José Dias, com o reforço de Heder Braga, mestre em teatro e professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, irão ministrar o workshop Método Tabladiano, que acontece dia 28 de agosto, das 9h às 16h, na Sala Acrísio de Camargo, no Centro Integrado de Apoio à Educação de Indaiatuba (CIAEI).

A participação é gratuita e deve ser confirmada neste link.

Teatro O Tablado, ou simplesmente O Tablado, é uma escola brasileira de teatro fundada em 1951, no Rio de Janeiro, pela escritora e dramaturga brasileira Maria Clara Machado, que já formou mais de cinco mil profissionais em artes cênicas. Inicialmente foi uma companhia de teatro amador, com uma pequena estrutura utilizada para seus ensaios, que mais tarde se transformou em um grande centro de formação de atores.

Foi a companhia que ajudou a modernizar o teatro no Brasil. Apresentava-se para todos os públicos, mas sua especialidade eram peças infantis, a maioria de autoria de sua criadora, que desenvolvia textos e montagens de altíssima qualidade, até hoje encenados.

“Através de aulas de improvisação do Método Tabladiano, vamos desenvolver sensibilidade, movimentação cênica, corpo, voz, ideias de direção de arte, de produção”, conta André Mattos. “Trataremos sobre a produção de um espetáculo teatral, passando pela história da dramaturgia”.

Confira a programação da 7ª Mostra de Artes Cênicas de Indaiatuba:

5 de agosto (sexta-feira)

Grupo Emcantar, com Saltimbancos*
20h – Sala Acrísio de Camargo (CIAEI)

Passados 45 anos desde a primeira adaptação da peça Saltimbancos, feita por Chico Buarque, e apresentada ao público no Canecão (RJ), em 1977, a realidade e a fábula sobre a exploração dos animais por seus patrões ainda encontram muitos pontos em comum. Celebrando seus 25 anos, o Grupo Emcantar apresenta a versão dirigida por Rafael Michalichem, onde os conceitos de solidariedade, justiça e diversidade ganham voz por meio dos famosos personagens do jumento, da gata, do cachorro e da galinha.

Juntos, eles decidem se rebelar, ir à cidade e se tornar músicos. Para a sua peça, o Emcantar desenvolveu arranjos e interpretações próprias das canções popularmente conhecidas. Uma banda ao vivo embala o quarteto de animais que tem pela frente alguns dos grandes desafios da humanidade: superar as suas diferenças, trabalhar em equipe e, assim, alcançar a tão sonhada liberdade. Mas será que a união da bicharada conseguirá mudar o rumo de suas vidas?

O elenco conta com Ana Lopez, Luciene Andrade, Marco Aurélio Querubim e Viviane Rodrigues. A banda traz Carlim Ribeiro (Violão, Teclado e Acordeon), Carlos Júnior (Guitarra, Flauta Transversal e Trompete), Ivan Ribeiro (Bateria) e Sandoval Cortes (Baixo).

A direção musical é de Carlim Ribeiro. Figurino, maquiagem, cenografia e design gráfico são de Pablo Mendonça. A sonorização é de Ricardo Campos e a iluminação de Mario Leonardo. A produção executiva é de Ana Carla Cortes Teles.

* OS INGRESSOS DEVEM SER RETIRADOS COM DUAS HORAS DE ANTECEDÊNCIA

6 de agosto (sábado)

T Art, com A Natureza Pede Ajuda
16h – CEU São Conrado

Conheça a história de Manu, uma menina que não ligava para o mundo ao seu redor, só queria saber do que fosse cômodo e fácil. Até que ela conhece seu Chico, um senhor que ensina a importância de cuidar do meio ambiente e de proteger os animais que correm risco de extinção. Assim, Manu vai aprender que todos precisamos nos preocupar com o meio ambiente e com os animais.

O elenco conta com Pah Regina, Dirley Paco, Dri Moraes, Hugo Renato e Udachi (Fábio Augusto). A sonoplastia e iluminação são de Jerry Reis, o roteiro e direção de Udachi, a maquiagem de Pah Regina, os figurinos de Camila Pádua Marcelino e Udachi e cenário de Hugo Renato.

Grupo de Teatro Espelho Cênico, com Chá da Tarde
19h30 – Piano

A peça fala sobre a velhice ao retratar um dilema familiar: um homem idoso que não consegue mais cuidar de sua esposa com Alzheimer, toma a decisão de se mudar para uma casa de repouso e comunica a notícia para os filhos. A maneira como os filhos reagem e o desenrolar da trama trazem alguns subtemas como: amor, relação entre pais e filhos e descaso. A peça busca incitar a reflexão: “você seria capaz de dedicar parte do seu tempo para cuidar de alguém?”.

No elenco estão Bruna Frari, Diego Souza, Ieda Gomes e Marcelo Cruz. O roteiro e a direção são de Paloma Dourado, que também é responsável pela sonoplastia e iluminação, junto com Diego Grego, que assina a produção. O cenário e o figurino foram criados pelo grupo.

7 de agosto (domingo)

Trupe Cênica Brasil, com O Mundo de Clara
16h – Piano

Peça infantil conta a história de Clara, uma garotinha filha de um empresário, cuja empresa está poluindo um rio. Com ajuda de seus amigos duendes, Belinsk e Zelinsk e a Fada Azul, Clara vai tentar convencer seu pai da importância de se preservar a natureza. O espetáculo tem duração de 60 minutos e mistura realidade e fantasia para fazer com que o público reflita a respeito de valores e atitudes na formação das crianças.

Roteiro e direção são de André Chiarioni, que também integra o elenco ao lado de Janaina Chiarioni, Willian Lourenção e João Chiarioni. Mariana Magalhães e Gaby Souza são contrarregras, Gabriel Chiarioni é responsável por som e iluminação e a coordenação geral é de Conceição Chiarioni.

12 de agosto (sexta-feira)

Coletivo Fleuma, com Como uma Metáfora
19h30 – Piano

Como uma Metáfora explora algumas das cenas mais absurdas e metafóricas do livro On, de Marcus Mazieri. Coloca em cena figuras excêntricas cujos diálogos transitam entre a procura de um consenso improvável sobre um assunto, o iminente fim do mundo, o silêncio necessário para o sono de um bebê, as raízes do abacate e a vida das abelhas. Entre desentendimentos e incompreensões, as personagens se revelam caricaturas deste início de século 21. Elas – que não revelam serem a mesma ou uma infinidade de pessoas – expõem as consequências trágicas e cômicas de uma sociedade hiperativa, hiperconectada e hiperansiosa.

A peça conta com direção de Fabio Pimenta, que também atua ao lado de Marcus Mazierie, responsável pelo texto e dramaturgia. Luz, som, câmera e projeção são de Kimberly Christie e Filipe França, que também comanda a cenografia. A sonoplastia é de Diego Angelini e Victor Simões Lobato.

13 de agosto (sábado)

Grupo de Teatro Enrolados, com Duende Dudu em Uma Aventura Especial
16h – CEU São Conrado

Em uma cidadezinha interiorana, duende Dudu e o jovem Joãozinho descobrem que o meio ambiente está chateado com a humanidade. Como se não fosse o bastante, eles enfrentam uma bruxa malvada que tenta pôr fim na população. Para salvar a cidade e toda sua história, Joãozinho e Dudu fazem planos mágicos, com um ingrediente pra lá de especial: o amor.

Júnior Grotto assina direção, roteiro, cenário, figurinos, composição das músicas e a operação de som e luz. O elenco conta com Danielle Caroline, Renan Farias, Leticia Ribeiro e Giovani Rebonato.

Grupo de Teatro Estrada, com Tú País, Está Feliz?
19h30 – Piano

Adaptação do texto de Antônio Miranda, este poemário é um encontro do poeta com seus fantasmas: a solidão, a saudade dos amigos que partiram, a reclusão, a revolta com o “sistema”, os amores impossíveis, a liberdade ou falta dela, como inseparável companheira. Poesia em busca da liberdade, nutrida pela solidão, perseguidora de esperanças, tem seu mérito em questionar-se por si mesma: Tu está feliz? Mas, acima de tudo, é um grito de rebeldia e esperança, de sangue jovem, disposto à luta e às batalhas diárias por seguir acreditando cada dia, no dia que virá.

O elenco conta com Vlademir Daniel, Raphaela Silva, Nando Almeida, Kellen Tobaldini e Douglas Lyra. A adaptação é de Vlademir Daniel e a direção é coletiva, assim como cenários, figurinos e maquiagem. A sonoplastia, iluminação e operação de luz e som são de André Lupércio.

14 de agosto (domingo)

Grupo de Teatro Fântaso, com Utopia S.A.
16h – Piano

Dentro de cada cabeça pensante, existe a Utopia S.A, empresa especializada na imaginação das crianças. Três atendentes recebem ligações com pensamentos e transformam cada pedido em realidade. Quando a cabeça começa a pensar, o alarme começa a tocar. Mas ultimamente as ligações estão se acabando e a criatividade quase não existe. Uma certa manhã, eles recebem um alerta diferente e têm que realizar um pensamento muito diferente e pra lá de especial.

Tiago Marcon e Márcio Guimarães assinam texto, direção, iluminação, cenografia, sonoplastia, maquiagem, figurino, músicas e composições. As coreografias são de Natália Pinezzi, o operador de som é Bruno Brito e a operação de luz são de Bruno Blanco e Vitória Santos.

19 de agosto (sexta-feira)

Grupo Anankê, com Romeu e Julieta
19h30 – Piano

Romeu Montecchio e Julieta Capuleto são jovens perdidamente apaixonados, mas que não podem usufruir desse amor em virtude da enorme rivalidade das suas famílias. Rivais, eles começam a viver um intenso amor proibido. Romeu e Julieta, o espetáculo que tem como tema a peça de William Shakespeare, não foi adaptado, mas é uma criação autônoma feita sobre a narrativa do autor inglês, cuja estrutura poética se apoia nos tipos populares, nos maravilhosos personagens grotescos que perambulam pelo mundo, de cidade em cidade, desde a Idade Média até os tempos atuais. Uma homenagem à perseverança e a superação de barreiras impostas ao artista, seja no passado, seja no presente, e certamente continuará a ser no futuro.

Baseado na obra homônima de William Shakespeare, a peça tem texto de Wagner Cintra, direção de Marli Lopes, orientação artística de Lucas Gonzaga e preparação vocal e musical de Olivia Gênesi. O cenário é de Chicó Ferreira, figurino de Lucas Gonzaga e operação de sonoplastia e luz de Clélio Santos. O elenco conta com André Almeida, Gisele Campos, Flávio Cardoso, Marli Lopes, Chicó Ferreira, Leonardo Kayan e Gabriel Kitzmann.

20 de agosto (sábado)

Cia. Teatral Matéria Prima em Menina Alice em Defesa do Meio Ambiente
16h – CEU São Conrado

Conheça a Menina Alice, uma garotinha protetora do meio ambiente, e seu amigo Caramelo, um cãozinho muito esperto e fiel, mas também um pouco atrapalhado. A aventura começa quando ela se prepara para cuidar do seu jardim e descobre que ele está todo destruído. Muito triste, mas sem desaminar, ela e seu amigo Caramelo começam a procurar explicações para o que teria acontecido. Resolvem chamar o Professor, um personagem muito inteligente e agitado, que adora ensinar sobre o meio ambiente e sobre como ajudar a preservar a natureza. Assim eles descobrem o Sr. Sujeira, uma representação de todas as pessoas que não respeitam a natureza. Juntos, eles irão aprender uma importante lição.

O elenco conta com Jeniffer Mendes, Pedro Mathias, Dartagnan Bertelli e Gerê Canova, que também é autor do espetáculo. O figurino é de Zenaide Baroni, o cenário de Marcelo Rosa, a coreografia de Jeniffer Mendes, a concepção de luz, trilha sonora e sonoplastia de Gerê Canova e a maquiagem é do grupo. As músicas são de Gerê Canova, interpretadas por Maria Clara, com arranjos de Gerson Lima, da Pal G Studio.

SLEZ – Três Monges e a Rosa
19h30 – Piano

 A trama se passa em um longínquo mosteiro, onde vivem 3 monges. Irmão Paulo, que se diz italiano, é um líder autoritário que não admite contradição, mas quando se trata do Bispo, as coisas mudam. Junto com ele seus subordinados: Irmão Cosmi, um homem bondoso que sempre vê o lado bom das coisas e Irmão Marcus, um nordestino arretado muito esperto. Tudo vai bem, porém com a chegada de uma visita inesperada, tudo pode se transformar em suas vidas.

Texto e direção são de Elias Raimundo dos Santos, que integra o elenco com Leandro Alves, Ronaldo Zuppa e Sandra Alves. A sonoplastia e iluminação são de Tacau Almeida. O figurino é de Lúcia Braz. Produção e cenário são do grupo.

21 de agosto (domingo)

Grupo Diversão e Magia, com O Menino que Cuidava do Mundo
16h – Piano

Em um reino mágico tão tão distante, uma rainha recebe informações de que uma cidade do interior conhecida como Indaiatuba está sob ameaça de uma vilã. Então ela manda duas fadas à cidade sem magia para ajudarem um menino que vive preocupado com o meio ambiente, Joca, que mora com a mãe e está sempre pensando em preservar o meio ambiente e toda sua cidade. Será que juntos eles poderão salvar a cidade das maldades da vilã?

O elenco conta com Bruna Sampaio, Maria Eduarda, Giovanna Ragazini, Leticia de Siqueira, Victor Basilio e Giovanna Quitzau. Direção, roteiro, cenário, figurinos e operação de som e luz são de Mauricio Rezitano

27 de agosto (sábado)

Dedé Show, com André Mattos
20h – Sala Acrísio de Camargo (CIAEI)

Dedé Show é um evento especial com um dos mais renomados atores brasileiros: André Mattos. Um show de humor e emoção, onde André passeia pelos principais personagens de uma carreira consagrada, conjugada com sua própria história de vida: família, amores, trabalho e júbilos e também algumas poucas lágrimas.

Confira trabalhos marcantes de André sob a tutela de Chico Anísio, Domingos Oliveira, José Padilha, Maria Clara Machado, Murilo Salles e outros grandes artistas que proporcionaram ao ator realizações inesquecíveis no teatro, cinema e TV. Vamos reencontrar toda essa gente em Dedé Show. O roteiro é de André Mattos, com direção de Ricardo Kosovski, direção de arte de José Dias e música de Ary Sperling.

ENDEREÇOS

CEU do Jardim São Conrado
Rua Jordalino Pietrobom, 1.300

Centro Cultural Hermenegildo Pinto (Piano)
Av. Eng. Fabio Roberto Barnabé, 5.924 – Jardim Morada do Sol

Sala Acrísio de Camargo
Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 3.665 – Jardim Regina

  • Redator(es): Fábio Alexandre
  • Release N.º: 729

Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba