A-
A+

Relações Institucionais

 

Notícias

Prefeitura e CPFL coordenam Fase II da limpeza de fios inutilizados em postes da rede pública

Mutirão de limpeza nos postes da avenida Kennedy será marco inicial da nova etapa de trabalho
14/09/2023 09:35h


Foto: Eliando Figueira RIC/PMI
Prefeitura e CPFL coordenam Fase II da limpeza de fios inutilizados em postes da rede pública

Mutirão de limpeza nos postes da avenida Kennedy será marco inicial da nova etapa de trabalho

A Prefeitura de Indaiatuba e a CPFL- Piratininga, em conjunto com as operadoras de serviços de telecomunicações, realizam na próxima quarta-feira (20/9) um mutirão de limpeza de fiação excedente dos postes da avenida Presidente Kennedy. A ação será o marco inaugural da Fase II do Projeto de Limpeza de Redes no município. A Fase I foi iniciada em 2020 e priorizou a região central e principais avenidas da cidade, que também serão revisadas nesta nova etapa de trabalho. Trata-se de um projeto piloto desenvolvido pela CPFL em parceria com a Prefeitura e que deverá ser estendido para outras cidades onde a empresa atua.

A proposta do projeto é organizar a distribuição dos cabos de telecomunicação para que permaneçam visualmente agradáveis, o que contribui para a redução da poluição visual nas áreas urbanas, além de garantir a segurança nas vias públicas.

Na terça-feira (12/9) a equipe da Secretaria Municipal de Obras e Vias Públicas se reuniu com representantes da CPFL, Vivo, Claro/NET/Embratel, Algar e com o Departamento de Informática da Secretaria Municipal de Administração, para alinhar os trabalhos. Além do secretário de Obras, Robenilton Oliveira Lima, o Dothe, e do coordenador de Obras e Manutenção da CPFL, Fábio Corona, também participaram da reunião os secretários adjuntos de Governo, Arthur Spíndola, e de Relações Institucionais e Comunicação, Lincoln Franco.

Entre as questões discutidas durante o encontro, o grupo definiu as regiões de atuação na Fase II do projeto e também a padronização da prestação de contas das empresas envolvidas. Serão atendidos um total de 22.758 postes dentro das regiões da cidade que foram divididas em 60 polígonos de trabalho. A meta mensal proposta para as empresas é que sejam organizados 1.422 postes por mês, com prestação de contas mediante apresentação de relatório fotográfico.

Assim como ocorreu na Fase I, a operação consistirá na organização e remoção da fiação excedente que não atende às novas normas da ANEEL, que estão inoperantes ou que foram substituídas por tecnologia superior. O serviço ainda ajudará na identificação de empresas que utilizam os postes de forma clandestina.

A limpeza dos postes foi solicitada pelo prefeito Nilson Gaspar em 2020 com a proposta de fazer a retirada de fios e cabos caídos, dependurados ou amontoados nos postes de ruas da cidade, e que em alguns casos acabam gerando riscos de acidentes envolvendo pedestres, automóveis, motos e até transporte público. A direção da CPFL que é a empresa responsável pelos postes, ficou com a responsabilidade de dar encaminhamento ao plano de trabalho proposto pela Prefeitura, em conjunto com as demais concessionárias de telecomunicações envolvidas.

O secretário de Obras ressaltou que a pandemia de Covid-19 fez com que os trabalhos fossem executados em um ritmo mais lento e a prestação de contas não foi tão eficiente como esperado. “Nesta segunda fase esperamos que o projeto seja executado de forma mais rápida e eficiente, para isso contamos com o apoio de todas as empresas envolvidas”, resumiu Dothe.

  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 784

Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba