Relações Institucionais

 

Notícias

Serviços Urbanos e Saae avaliam sistema de captação de água de chuva no Bosque do Saber

Equipe avalia eficiência do projeto de utilização de água de reuso em prédios públicos
01/09/2022 14:33h


Foto: Arquivo RIC/PMI
Foto

Reservatório do sistema de captação de água de chuva instalado no prédio do Bosque do Saber.

A Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente em parceria com o Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) trabalham em projeto para uso de água de chuvas em prédios públicos. O projeto é uma das ações desenvolvidas por Indaiatuba dentro da diretiva Gestão das Águas do Programa Município VerdeAzul. A proposta é avaliar a eficiência do sistema de reuso de água instalado na Escola Municipal Bosque do Saber, para reduzir o consumo de água potável. O projeto é utilizado para a irrigação de jardins, lavagem de pátios e descarga de sanitários. Ações como esta renderam à cidade a 19ª posição no Ranking Ambiental dos Municípios Paulistas de 2021, divulgado pelo Governo do Estado na semana passada.

No Bosque do Saber, a captação é feita nos telhados do prédio com a utilização de calhas que direcionam a água da chuva para um reservatório instalado no lado externo.  O sistema implantado no local tem capacidade para armazenar 5 mil litros.

Conforme explicou o técnico do Saae, Adriano Prochowski, a ideia de fazer a captação e utilização da água da chuva nos prédios públicos foi motivada pela necessidade de se buscar formas alternativas para obtenção de água, que está cada vez mais escassa no mundo inteiro. “É um sistema relativamente simples, mas que leva à diminuição da demanda de uso de água potável e gera economia ao município. Armazenar a água de chuva em reservatórios diminui o volume de água nas galerias pluviais e ainda ajuda a evitar enchentes. A ação também proporciona a consciência ecológica entre as pessoas, fazendo com que essa prática seja replicada em mais lugares”, reforçou.

Os trabalhos começaram em 2019 e, inicialmente, a água coletada era utilizada apenas para a lavagem do pátio e na irrigação das plantas. Nas primeiras observações, notou-se que nos meses mais chuvosos não se utilizava muita água para irrigação e também diminuía a lavagem dos pátios, razão pela qual em 2020 foram realizadas adaptações técnicas no sistema para ampliar a utilização do mesmo nas descargas do prédio e possibilitar o aproveitamento contínuo da água coletada, principalmente nos períodos chuvosos.

Com o objetivo de avaliar a eficiência do sistema, entre os meses de janeiro a dezembro de 2021 foram feitas medições para calcular a economia de água proporcionada pelo sistema de coleta e reservação de água de chuva no Bosque. “Estamos comparando o volume de água consumida antes e depois da instalação do sistema de captação de água de chuva, e avaliando sua eficiência quanto à distribuição da água para as áreas internas e externas do prédio”, avisou.

A partir dos resultados, a equipe responsável pela execução do projeto poderá verificar a possibilidade de otimização ou ampliação do projeto e sua viabilidade para atender mais prédios públicos.

  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 826

Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba